Batida entre caminhão e ônibus de turismo deixa 25 pessoas mortas e cinco feridas no norte da Bahia

Acidente aconteceu na noite de domingo (7), na BR-324 em trecho da cidade de São José do Jacuípe.

Uma batida entre um caminhão e um ônibus de turismo deixou 25 pessoas mortas e 5 feridas na noite de domingo (7), na BR-324 em trecho da cidade de São José do Jacuípe

O coordenador da Brigada Anjos Jacuipenses, Lucival Souza, que atuou no resgate das vítimas, informou que o acidente aconteceu por volta das 23h30, no km 381, próximo da cidade de Gavião, no sentido de Jacobina.

Morreram 22 pessoas que estavam no ônibus e três no caminhão, que transportava mangas. O acidente deixou, ao todo, 25 mortos. 24 pessoas morreram no local do acidente. Entre as vítimas estão homens, mulheres, gestante, crianças e adolescentes. Uma pessoa morreu após ser levada para um hospital da região.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Ainda não se sabe o que causou a batida.

Ainda segundo a Brigada Anjos Jacuipenses, um dos feridos foi levado para o hospital da cidade de Capim Grosso. Outras cinco pessoas foram levadas para uma unidade de saúde de Nova Fátima.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que quatro feridos foram transferidos para hospitais de Salvador e Feira de Santana. Não há detalhes sobre o estado de saúde deles. Veja abaixo:

  • Hospital Estadual da Criança, em Feira de Santana;
  • Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana;
  • Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador;
  • Hospital do Subúrbio, em Salvador
De acordo com a PRF, a pista, que foi interditada, foi liberada por volta das 8h.

Os passageiros do ônibus moravam em Jacobina e viajaram na noite do sábado (6) para a praia de Guarajuba, distrito turístico de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, e retornaram para o município na noite de domingo.

Em nota, a Prefeitura de Jacobina lamentou o acidente e informou decretou três dias de luto oficial no município. Afirmou ainda que organiza um velório coletivo no ginásio de esportes municipal. Ainda não há previsão de data e horário.

A gestão municipal afirmou ainda que também atua para agilizar a liberação e transferência dos corpos para Jacobina.

A Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba) informou que o ônibus estava regular e o motorista também estava com o cadastro em dia.

Os corpos das vítimas foram levados para os Departamentos de Polícia Técnica (DPTs) das cidades de Jacobina, Euclides da Cunha, Juazeiro e Senhor do Bonfim.

Em nota, a empresa Naldo Turismo, responsável pelo ônibus, lamentou o acidente, se solidarizou com a família das vítimas e disse que tem ajudado a Prefeitura de Jacobina a agilizar a liberação dos corpos e translado para o município.

Em sessão realizada na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), o governador do estado, Jerônimo rodrigues, contou que o Governo não mediu esforços para tentar salvar vidas, encaminhar viaturas e encontrar vagas em hospitais.

“Lamentável. Meus sentimentos às famílias que perderam os seus entes queridos”, disse.