“Ataque à democracia”, diz Mourão sobre decisão do STF contra Silveira

Em entrevista a uma rádio gaúcha, o general disse que a medida tomada pela Corte está em "desacordo com o devido processo legal"

O vice-presidente Hamilton Mourão criticou o Supremo Tribunal Federal (STF) nesta sexta-feira (13) e classificou a condenação do deputado bolsonarista Daniel Silveira como “verdadeiro ataque à democracia”.

Em entrevista à rádio Guaíba, do Rio Grande do Sul, Mourão avaliou que o Judiciário cresceu com certo “poder”, que rompeu a “harmonia e o equilíbrio do que está acima do processo democrático”.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE Sobrevivente - 970

“A lei é para nós cidadãos comuns. Temos que entender o que podemos e o que não podemos fazer. A partir do momento que o magistrado A interpreta a lei de uma maneira e o magistrado B de outra maneira, a gente não sabe mais o que faz, e é isso que vem acontecendo”, argumentou Mourão.