Lula: precisamos de livros em vez de armas

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que o País precisa de "mais livros e menos armas", bordão usado pela oposição ao presidente Jair Bolsonaro (PL).

No discurso em que oficializou a sua pré-candidatura ao Palácio do Planalto, neste sábado, 7, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que o País precisa de “mais livros e menos armas”, bordão usado pela oposição ao presidente Jair Bolsonaro (PL).

“O Brasil terá a oportunidade de decidir que país vai ser pelos próximos anos, e próximas gerações. O Brasil da democracia ou do autoritarismo? Do conhecimento e tolerância ou do obscurantismo e da violência? Da educação e cultura ou dos revólveres e fuzis?”, disse.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE Sobrevivente - 970