Pela 2ª vez na semana, Lula discute redução de preços de alimentos

Presidente convocou nova reunião, desta vez com mais ministros, para elaborar medidas que abaixem os preços do arroz e feijão

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se reúne, nesta quinta-feira (14/3), com ministros para discutir como reduzir o preço dos alimentos. Esse é o segundo compromisso do chefe do Executivo nesta semana com esse tema.

“Dia de reuniões importantes aqui no Palácio do Planalto. Agora pela manhã, vamos falar sobre a produção de alimentos e o que faremos para baixar o preço desses produtos”, disse Lula, no X (antigo Twitter).

O petista busca diminuir os valores de compra de itens considerados básicos, como arroz e feijão, e também procura uma forma de reduzir os valores das contas de luz.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A reunião desta quinta-feira é com as seguintes autoridades:

Ministro da Casa Civil, Rui Costa;

Ministro da Fazenda, Fernando Haddad;

Ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro;

Ministro do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, Paulo Teixeira;

Diretor-presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Edegar Pretto.

Na segunda-feira (11/3), Lula esteve com Fávaro e Pretto para debater a questão. Em entrevista ao SBT News, no mesmo dia, também abordou o tema.

Segundo o presidente, a derrubada dos preços é “essencial para que você possa voltar a ter credibilidade junto ao povo brasileiro“.

“A gente vai começar a colher aquilo que nós plantamos. A sociedade vai se dar conta de que as coisas vão melhorar. Para a sociedade estar feliz com o governo, é preciso que a economia esteja crescendo, o salário esteja crescendo e o preço da comida esteja baixando”, afirmou.