Tucanos esperam que candidatura de Datena quebre resistências entre bolsonaristas

A candidatura de Datena ao Senado em aliança com Garcia está praticamente acertada

A expectativa no Palácio dos Bandeirantes é que a presença do apresentador José Luiz Datena na chapa encabeçada por Rodrigo Garcia (PSDB) ajude a atrair parte do eleitorado bolsonarista para a campanha tucana ao governo de São Paulo.

A candidatura de Datena ao Senado em aliança com Garcia está praticamente acertada, e só não ocorrerá se ele novamente recuar do projeto político, como já fez em campanhas passadas. O apresentador tem como opções filiar-se ao MDB e ao novo União Brasil, partido que resultará da fusão de PSL e DEM.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE Dose Dupla - 970

A avaliação entre aliados de Garcia é que, embora Datena tenha se distanciado do presidente Jair Bolsonaro (PL), com críticas constantes à sua gestão, ele ainda é muito identificado com o eleitorado conservador, que prioriza a segurança pública e o discurso moralista.

A aposta é que esse perfil ajudará Garcia a diminuir um pouco as resistências que o atual governador, João Doria (PSDB), tem entre os apoiadores do presidente.

Garcia deve herdar o Palácio dos Bandeirantes em abril, quando Doria renunciar para disputar a Presidência.