Concursos: Orçamento que prevê 83.061 vagas para 2017 já está sancionado!

Temer, em cerimônia no Palácio do Planalto Antonio Cruz/Agência Brasil

O Projeto de Lei Orçamentária Federal de 2017, nº 13.408, foi sancionado com vetos pelo presidente Michel Temer. A medida foi divulgada no Diário Oficial da União do dia 27 de dezembro (veja aqui). A boa notícia é que o Orçamento prevê 83.061 vagas, distribuídas em dezenas de órgãos a serem preenchidas por meio de concursos federais 2017.

A maioria dos concursos previstos no Orçamento não dependem de autorização do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), a exemplo dos Institutos Federais, mas tem alguns que devem ter o aval liberado pelo ministro do Planejamento. Caso o órgão receba o aval do MPOG, o edital tem até seis meses para ser divulgado.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Confira os principais concursos previstos:

Receita Federal

De acordo com Projeto de Lei de Orçamentária Anual (PLOA) estão previstas 400 vagas para cargos de Auditor-Fiscal (nível superior), Analista Tributário (nível superior) e Assistente Técnico-Administrativo (nível médio) da Receita Federal.  Para concorrer ao cargo de assistente técnico-administrativo é necessário o nível médio completo. O salário do cargo chega a R$3.756,82.  Já os cargos de analista e auditor, os interessados deverão ter nível superior em qualquer área, para fazerem jus a salários de R$ 9.714,42 e R$ 16.201,64, respectivamente. O regime estatutário, que garante estabilidade, e as remunerações informadas já incluem o auxílio-alimentação, de R$458, faz o concurso ainda mais atraente, com tendência a ser bastante concorrido.

IBGE

De acordo com Projeto de Lei de Orçamentária Anual (PLOA) estão previstas nada menos que 82.050 vagas de nível fundamental, médio e superior para o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O aprovado no certame irá atuar no Censo Agropecuário para fazer jus a salários de até R$7mil. As vagas são para Analista Censitário – AC (250), Agente Censitário Regional – ACR (486), Agente Censitário Administrativo – ACA (700), Agente Censitário Municipal – ACM (5.500), Agente Censitário Supervisor – ACS (12.540), Agente Censitário de Informática – ACI (174) e Recenseador – REC (62.400)”, diz o projeto.

ANS

De acordo com o Projeto de Lei Orçamentária (PLOA) para o ano de 2017, estão reservadas oportunidades para os cargos de Analista e Especialista, com taxa de inscrição a ser cobrada de R$100,00. O órgão, de acordo com o projeto, terá uma arrecadação de R$ 5.775.000,00. A expectativa é que em breve seja divulgado o novo concurso da Agência Nacional de Saúde Suplementar (Concurso ANS 2017) com 231 vagas.

Concurso EPE

A Empresa de pesquisa Energética também aguarda autorização do Ministério do Planejamento e aprovação do orçamento para divulgação de concurso público (Concurso EPE). A expectativa é que o edital tenha vagas para nível médio e superior em diversos cargos.

Concurso Câmara dos Deputados

De acordo com Projeto de Lei de Orçamentária Anual (PLOA) estão previstas nada menos que 129 vagas (veja abaixo) para cargos de Técnico Legislativo e Analista Legislativo, com requisito de nível médio e superior, respectivamente. De acordo com a publicação, o órgão estima que 70.200 candidatos se inscrevam para o concurso, sendo 45.000 para Técnico e 25.200 para Analista.

 Outros concursos previstos para 2017

Os concursos públicos do Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Trabalho (MPT), Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), Instituto Federal Goiano (IFGoiano), Instituto Federal do Maranhão (IFMA), Instituto Federal do Mato Grosso (IFMT), Fundação Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS), Colégio Pedro II, Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE/BA), Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE/CE), Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso do Sul (TRE/MS), Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE/PR), Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE/RJ), Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE/RN), Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE/SC), Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE/TO), Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF 1), Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF 2), Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF 3), Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF 4) e Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF 5) também são aguardados para o ano de 2017.

Fonte: Notícias Concursos