Estudante de Direito morre atropelado por caminhão do DER em Porto Velho

Vítima tinha 21 anos. Jovem morreu no momento da batida e teve lesões no tórax e na cabeça.

Um jovem de 21 anos morreu após bater e ser arrastado por um caminhão do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) na Avenida Jorge Teixeira, em Porto Velho, na manhã desta sexta-feira (23).

Segundo a polícia, a colisão aconteceu por volta das 7h30. Informações preliminares revelam que quando o motorista do caminhão tentou cruzar da pista da esquerda para a pista da direita, acabou atingindo a moto.

De acordo com o perito criminal, o jovem, identificado como Matheus Felipe Paixão de Souza, morreu no momento da batida e teve lesões no tórax e na cabeça.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Jovem morre ao ser arrastado por caminhão na Av. Jorge Teixeira, em Porto Velho — Foto: g1 Rondônia
Jovem morre ao ser arrastado por caminhão na Av. Jorge Teixeira, em Porto Velho — Foto: g1 Rondônia

À Rede Amazônica, o DER informou que aguarda a emissão do boletim de ocorrência para tomar as providências cabíveis.

“Estamos aguardando as informações corretas e boletim de ocorrência para o DER tomar as providências cabíveis”, disse o Departamento, em nota.

Nota de pesar

 

Matheus era acadêmico do 7° período do curso de Direito da Universidade Federal de Rondônia (Unir). O Centro Acadêmico de Direito 05 de Outubro emitiu uma nota de pesar pelo falecimento do estudante.

O Conselho Regional de Contabilidade de Rondônia também emitiu nota de pesa pelo falecimento do colaborador. Leia na íntegra:

“O Conselho Regional de Contabilidade de Rondônia, em nome de todos os colaboradores e conselheiros, expressa imenso e profundo pesar pelo falecimento de Matheus Felipe Paixão de Souza, colaborador do CRCRO.

Matheus Felipe Paixão de Souza, tinha 21 anos e tomou posse como assistente administrativo em abril de 2023, passando a atuar no setor jurídico. O Jovem cursava direito na Universidade Federal de Rondônia.

Para Presidente do Conselho de Contabilidade, José Claudio Ferreira Gomes, “mesmo com pouco tempo de casa Matheus sempre se mostrou jovem muito dedicado. Rogamos a Deus que conforte o coração de toda a família e dos amigos”,

Neste momento, o Conselho Regional de Contabilidade de Rondônia se solidariza com a família enlutada e amigos, e expressa as mais sinceras condolências pela perda”.