Ministério da Saúde inicia multivacinação em Rondônia

Todos os imunizantes previstos no calendário nacional para crianças e adolescentes até 15 anos estarão disponíveis nas unidades de saúde nos locais e horários informados por cada município

O Ministério da Saúde deu início, nesta segunda-feira (2), à etapa de multivacinação em Rondônia. O objetivo da iniciativa é atualizar o calendário de vacinas de crianças e adolescentes até os 15 anos de idade para retomar as altas coberturas vacinais no país. O Dia D no estado está previsto para acontecer no próximo sábado (7). Todos os estados vão receber a multivacinação em etapas regionais até o fim de 2023. A ação é parte do Movimento Nacional pela Vacinação, lançado em fevereiro.

Em Rondônia, ano passado, a cobertura vacinal contra a poliomielite – doença que pode causar a paralisia infantil ou até levar a morte – ficou em 82%. A meta é atingir 95% de cobertura. Em relação à vacina contra a hepatite A, a cobertura vacinal ficou em 74%. A febre amarela ficou com 69,9% de cobertura. Agora, com o início da campanha, todos os imunizantes previstos no calendário para esta faixa etária estarão disponíveis ao público nos locais e horários informados por cada município.

Para fortalecer as ações de vacinação e alcançar as altas coberturas vacinais nos municípios rondonienses, o Ministério da Saúde vai investir R$ 1,6 milhão nas ações de multivacinação. Outros R$ 167,7 mil serão destinados para o estado.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

No primeiro semestre de 2023, a multivacinação foi antecipada no Amazonas, no Acre e no Amapá. A escolha dos estados buscou conter doenças já eliminadas no Brasil, diante da queda das coberturas vacinais registrada nos últimos anos. O alerta se deu, ainda, pelo risco de reintrodução da poliomielite, doença que foi notificada em março deste ano no Peru, em região de fronteira. Desde 2016, o Brasil consta na lista da Organização Mundial da Saúde (OMS) como local de risco muito alto para a reintrodução da doença.

“Essa etapa de multivacinação que estamos realizando em todo o país é fundamental para retomarmos as altas coberturas vacinais e conter a reintrodução de doenças já eliminadas no Brasil, como a pólio. Por isso, faço aqui um pedido para as mães, pais e responsáveis: levem as crianças aos postos de saúde. Vacina é vida”, destaca a ministra Nísia Trindade.

Além de Rondônia, o Ministério da Saúde já lançou a campanha de multivacinação nos estados do Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Roraima, Tocantins e São Paulo.

Bahia, Pernambuco, Sergipe e Rio Grande do Norte serão os próximos estados a receber a campanha de multivacinação, com ações nas unidades de saúde previstas para iniciar no dia 7 de outubro.

Microplanejamento

O Ministério da Saúde está promovendo ações de microplanejamento nos estados, conforme o calendário da multivacinação. As equipes da Pasta vão percorrer todo o Brasil em oficinas com gestores e lideranças locais. O microplanejamento tem o objetivo de apoiar os estados e municípios na sistematização para operacionalização das estratégias de vacinação, de acordo com as realidades locais.

O microplanejamento, método recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), consiste em diversas atividades com foco na realidade local, desde a definição da população-alvo, escolha das vacinas, definição de datas e locais de vacinação, até a logística. A proposta é alinhar essas estratégias com gestores e lideranças locais para alcançar melhores resultados e melhorar as coberturas vacinais. Essas iniciativas contribuem para que as metas de vacinação sejam atingidas.

Entre as estratégias que podem ser adotadas com o microplanejamento pelos municípios, estão a realização do Dia D de vacinação, busca ativa de não vacinados, vacinação nas escolas, vacinação para além das unidades de saúde, checagem da caderneta de vacinação e intensificação da vacinação em áreas indígenas, entre outros.

Campanha publicitária

Para reforçar a importância da vacinação especialmente entre crianças e adolescentes, o Ministério da Saúde lançou a campanha nacional de mídia para a multivacinação. O vídeo oficial, com a apresentadora Xuxa e o Zé Gotinha, está sendo exibido na TV aberta, nas redes sociais e em locais de grande circulação de pessoas em todo país.