MPRO participa de encontro sobre enfrentamento à violência sexual de crianças e adolescentes

A Childhood do Brasil é uma organização que atua para garantir a defesa dos direitos de crianças e adolescentes, com foco na prevenção e no enfrentamento da violência sexual

O Ministério Público de Rondônia (MPRO), em parceria com a organização Childhood Brasil, participa de “Encontro Para Elaboração do Plano de Enfrentamento a Violência Sexual de Crianças e Adolescentes” nesta terça-feira (9/7), em Porto Velho.

A Promotora de Justiça Lisandra Wanneska Monteiro Nascimento dos Santos, da 19ª Promotoria de Justiça da Infância e Juventude do MPRO, explica que o comitê vai elaborar meios e alternativas, com toda rede de proteção às crianças e aos adolescentes, tornando o fluxo de atendimento mais eficiente às vítimas de abuso sexual.

Geralmente quem comete esses crimes são pessoas da família, ou próximas, como padrastos, pais, avós, tios e professores, segundo Lisandra. Existe, então, a hipervulnerabilidade em função da idade das vítimas e pelos autores do crime.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A Promotora de Justiça ressalta que o maior problema enfrentado “é a falta de escuta especializada que revitimiza a vítima cada vez que ela é reescutada. Dificulta a instrução e a cadeia de custódia da prova”, destacando a importância da preservação da prova.

O encontro acontece das 8h às 17h na Escola do Legislativo, mediado pela representante da Childhood Brasil, Aline Riba, psicóloga e sanitarista atuante há 18 anos no enfrentamento a violência sexual a crianças e adolescentes.

A Childhood do Brasil é uma organização que atua para garantir a defesa dos direitos de crianças e adolescentes, com foco na prevenção e no enfrentamento da violência sexual. É parceira da Prefeitura Municipal de Porto Velho, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e da Família (Semasf), além de ser uma das coautoras da Lei n°13.431, de 2017 (Lei da Escuta Protegida).

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Captcha verification failed!
CAPTCHA user score failed. Please contact us!