PF realiza busca e apreensão contra garimpeiros no Rio Madeira

Já foram apreendidas aproximadamente 260g de minério com características de ser ouro e R$ 171.000,00 em espécie

Foram apreendidas aproximadamente 260g (de minério com características de ser ouro e R$ 171.000,00 em espécie / Foto: Divulgação PF

Na manhã desta terça-feira, (23/03) foi deflagrada a Operação Comandante, que visa o cumprimento de 2 mandados de busca e apreensão que fazem parte de inquéritos de crimes ambientais relacionados ao garimpo ilegal.

De acordo com a Polícia Federal oito policiais foram encaminhados para realizar buscas na cidade de Humaitá, na região Sul do estado do Amazonas, município que residem alguns dos envolvidos com a exploração ilegal de minérios que causam impactos ambientais e prejuízos à saúde pública.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE 970x250

Segundo a PF os mandados de busca e apreensão é para reunir provas contra os investigados, que possuem e controlam 09  dragas que são responsáveis pela extração de minérios valiosos (sobretudo ouro) no Rio Madeira.

Durante o dia, e após a análise do material apreendido, novas informações sobre a Operação Comandante serão divulgadas.

A operação foi chamada de Comandante em razão deste ser o nome de uma das dragas de propriedade dos investigados, além de ser objetivo da investigação a busca pelos indivíduos que efetivamente comandam esta organização criminosa.

(Com informações da Polícia Federal)