Terceiro suspeito por homicídio na zona rural de Ariquemes é preso em Ouro Preto do Oeste, RO

Suspeito conhecido como Pirulito disse durante interrogatório que um empresário pagou R$20mil pela execução da vítima Ericson Aloisio Maules Tomaz em junho de 2021.

O terceiro suspeito no envolvimento do assassinato de Ericson Aloisio Maules Tomaz, morto com três disparos de arma de fogo, foi preso pela Polícia Militar (PM), na terça-feira (26), em Ouro Preto do Oeste (RO). O crime aconteceu em uma propriedade rural de Ariquemes (RO) em junho de 2021.

Conforme as investigações, a vítima foi morta a mando de um empresário de Jaru (RO), conhecido na região como ‘Bola’. O mandante, segundo o inquérito, contratou o suspeito, conhecido como ”Pirulito’, por R$ 20 mil. No dia do crime, ele levou um comparsa.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE Sobrevivente - 970

Pirulito foi capturado pela PM em Ouro Preto do Oeste e após ser interrogado pela equipe da Delegacia de Homicídios de Ariquemes, confessou sua participação no crime, inclusive esclarecendo em detalhes como ocorreu a ação criminosa.

Confissão

 

Após a captura, o suspeito foi levado à delegacia. Durante o interrogatório, Pirulito afirmou que ele e o comparsa foram até a residência da vítima e no local, convenceram Ericson à ir a área rural, onde ele cultivava macaxeira, pois os suspeitos dissera que queriam comprar.

No momento em que a vítima foi fazer a retirada da raiz, ainda de costas, os suspeito efetuaram os disparos de arma de fogo. O corpo da vítima foi encontrado em um matagal.

Ainda durante o interrogatório, Pirulito disse que o motivo dado pelo empresário para a execução da vítima foi de que havia uma dívida existente entre a Ericson e ele.