Taylor Swift tem escolta da polícia ao voltar para hotel de luxo após adiar show

Localizado em Ipanema, o hotel Fasano está repleto de fãs da cantora na porta desde que ela chegou ao Brasil. Não foi diferente na noite deste sábado, quando muitos aguardavam seu retorno após o reagendamento da performance.

Após adiar o show que faria no Rio de Janeiro neste sábado, em meio às altas temperaturas na cidade e após a morte de uma fã na sexta, Taylor Swift foi clicada chegando ao hotel onde se hospeda escoltada.

Localizado em Ipanema, o hotel Fasano está repleto de fãs da cantora na porta desde que ela chegou ao Brasil. Não foi diferente na noite deste sábado, quando muitos aguardavam seu retorno após o reagendamento da performance.

Sob forte escolta da Polícia Militar, Swift e sua equipe chegaram em carros pretos, tentando abrir espaço entre a multidão que se aglomerava na entrada da garagem do hotel, pouco depois do anúncio.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Em meio à onda de calor que levou o Rio a atingir 42,5°C neste sábado, Swift anunciou o adiamento do show marcado para esta noite quando o estádio já estava cheio. O comunicado foi feito pelos alto-falantes do Engenhão e nas redes sociais da artista, que se disse preocupada com o bem-estar dos fãs e da equipe.

“Eu escrevo isto do meu camarim no estádio”, ela disse, em nota. “Foi tomada a decisão de adiar o show desta noite devido às temperaturas extremas no Rio. A segurança e o bem-estar de meus fãs, performers e equipe precisa estar e sempre virá em primeiro lugar.”

O texto não menciona a morte de Ana Clara Benevides, que havia viajado pela primeira vez de avião para assistir à performance de Swift.