Após longa novela, Corinthians anuncia Matheuzinho em definitivo até 2028

O Corinthians acertou a compra 60% dos direitos econômicos do jogador por R$ 21,4 milhões (4 mi de euros)

 A negociação se estendeu e teve reviravoltas, mas o Corinthians enfim anunciou a contratação do lateral direito Matheuzinho, ex-Flamengo.

O Corinthians acertou a compra 60% dos direitos econômicos do jogador por R$ 21,4 milhões (4 mi de euros). Os outros 40% permanecem com o Rubro-Negro.

O contrato tem validade até 31 de dezembro de 2028 anos. Sua multa rescisória é de R$ 300 milhões para o mercado nacional e R$ 535 (100 mi de euros) para o exterior.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Com ele, o Corinthians chega a oito reforços confirmados para 2024. O clube do Parque São Jorge já contratou os zagueiros Félix Torres e Gustavo Henrique; os laterais Diego Palacios e Hugo; os meio-campistas Raniele e Rodrigo Garro; e o atacante Pedro Raul. Além deles, o técnico António Oliveira também veio, e o meia Igor Coronado e o atacante Pedro Henrique são encaminhados.

“Era um sonho meu e da minha família. Depois de muita luta, graças a Deus deu certo. Hoje, estou aqui, estou treinando. Se o professor optar por me levar para o jogo [contra o Palmeiras], estou pronto para ajudar os meus companheiros”, disse Matheuzinho à Corinthians TV.

Augusto Melo confirmou a contratação de Matheuzinho em 18 de janeiro. O jogador realizou exames médicos e, mesmo sem ser oficializado, vinha treinando com a equipe, tendo inclusive atuado no treino aberto.

No entanto, a negociação emperrou e o Corinthians voltou atrás. O clube do Parque São Jorge e o Flamengo não se acertaram sobre os termos do contrato -sobre taxa de vitrine, valor de compra pré-fixado e cláusula de retorno —, e o presidente corintiano comunicou sobre a desistência da empreitada.

O jogador também foi alvo de Botafogo e Red Bull Bragantino, mas preferiu o Alvinegro paulista. Ele gostou do período treinando no CT Joaquim Grava, apesar do desgaste causado pela novela envolvendo sua contratação.