Castan pede desculpas por queda do Vasco e não garante que fica: ‘Futuro incerto’

Leandro Castan se pronunciou através de suas redes sociais

O Vasco ficou em silêncio na quinta-feira logo após a confirmação do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Após a partida diante do Goiás – vitória por 3 a 2 -, no estádio São Januário, no Rio de Janeiro, ninguém do clube concedeu entrevistas. Apenas horas depois que o zagueiro e capitão Leandro Castan se pronunciou, através de suas redes sociais, para mostrar que está frustrado pela queda e para pedir desculpas à torcida.

Em sua conta no Instagram, com uma foto jogando pelo Vasco, o zagueiro se mostrou orgulhoso em vestir a camisa do clube, mas não garantiu a sua permanência na temporada 2021, quando o time jogará a Série B do Campeonato Brasileiro, além da Copa do Brasil e o Campeonato Carioca.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE 970x250

“Com certeza todos somos responsáveis e espero que dessa vez o Vasco aprenda com essa queda, para que seja a última de um clube gigante que não pode estar lá embaixo. O futuro agora é incerto para todos”, escreveu.

O capitão vascaíno lamentou ainda não ter repetido seu bom desempenho dos anos anteriores, mas disse também que a responsabilidade pela queda é de todos, afirmando que as “coisas deram muito errado” após a troca de treinador, referindo-se à saída de Ramon ainda no primeiro turno – depois viram o português Ricardo Sá Pinto e Vanderlei Luxemburgo.

“Primeiro, preciso pedir desculpas. Esse ano não consegui ser aquele cara que vocês se acostumaram. Infelizmente, depois que trocamos o treinador as coisas deram muito errado, agora todos querem achar os culpados”, finalizou.

Apesar da vitória sobre o Goiás, o Vasco entrou em campo virtualmente rebaixado (precisava reverter contra o Fortaleza um saldo de gols de 12 contra) e não conseguiu evitar a sua quarta queda à Série B.

Para a estreia do Campeonato Carioca, na próxima quarta-feira, o Vasco convocou o elenco sub-20, atual campeão da Copa do Brasil e da Supercopa da categoria. O time cruzmaltino faz o seu primeiro jogo diante da Portuguesa-RJ, às 21 horas, no estádio de São Januário.