CBF promete premiação de R$ 1,5 milhão distribuída entre os times da Copa Verde 2021

Competição, que inicia nesta quarta-feira com quatro jogos, terá a participação de 24 clubes

A Copa Verde 2021 foi lançada oficialmente na noite da última terça-feira, em Belém. O evento contou com a presença do presidente interino da CBF, Ednaldo Rodrigues, do governador do Pará, Hélder Barbalho, e de representantes de Clube do Remo, Paysandu e Castanhal, equipes paraenses na competição.

A Copa Verde em 2021 terá a participação de 24 clubes. Na primeira fase, que inicia nesta quarta-feira, 16 deles se enfrentam em confrontos de ida.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE Poder 3 - 970

A principal novidade da atual edição da Copa Verde é um incentivo financeiro de R$ 1,5 milhão, que será dividido entre os participantes do torneio regional. As equipes que foram sendo eliminadas desde a primeira fase receberão um valor específico.

O campeão – que garante vaga na terceira fase da Copa do Brasil de 2022 – e o vice ficam com R$ 150 mil e R$ 100 mil de premiação, respectivamente. Os finalistas também receberão um automóvel.

– A Copa Verde é uma competição em que a CBF tem investido. Na parte logística, tanto de transporte como hospedagem, e também em arbitragem. E, sabendo que é uma competição que vai trazer muito sucesso para o futebol brasileiro e receitas também, a CBF está investindo na premiação das equipes, desde a primeira fase até a fase final, com um valor total de 1,5 milhão – falou o presidente interino da CBF.

A partir das oitavas de final – também em partidas só de ida – Remo, Paysandu, Manaus, São Raimundo-RR, Atlético-AC, Vila Nova, Rio Branco e Cuiabá, previamente classificados, esperam os vencedores da primeira fase. Nas quartas de final acontecem os duelos eliminatórios, em ida e volta, até a decisão.