Delegação rondoniense alcança quinto lugar em Mundial Escolar de Futsal Masculino, na Sérvia

Os estudantes-atletas de Rondônia foram convocados para a vaga remanescente pela Confederação Brasileira de Desporto Escolar – CBDE

A delegação rondoniense de futsal masculino (categoria sub-18) alcançou o quinto lugar durante participação no Mundial Escolar de Futsal Masculino, que aconteceu na cidade de Belgrado, na Sérvia. Os estudantes-atletas de Rondônia foram convocados para a vaga remanescente pela Confederação Brasileira de Desporto Escolar – CBDE, em razão do Brasil ter sido o último campeão mundial, em 2022. A equipe também foi campeã do futsal masculino juvenil, com medalha de bronze, na última edição dos Jogos Escolares Brasileiros – JEBs.

Na tabela da competição, a equipe utiliza o nome de Brasil 3. Durante as competições, a equipe teve cinco vitórias, um empate e uma derrota. Houve empate de 4 a 4 contra a Turquia, uma vitória diante da Ucrânia por 2 a 1 e sobre a Bélgica por 3 a 0. Na última partida da equipe, o time venceu o Cazaquistão por 5 a 3. Anteriormente, na fase de mata-mata, o time já havia derrotado a Turquia, no final de semana, por 1 a 0.

RECURSOS FINANCEIROS

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Educação – Seduc, prestou todo o apoio necessário disponibilizando recursos financeiros para cobrir despesas de seguro de viagem, vestimentas, alimentação, translado, hospedagem e taxa de entrada para a Europa.

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha, essa é uma oportunidade única para os estudantes. “Nossos atletas têm garantido visibilidade em eventos esportivos e isso se deve ao esforço e dedicação de cada um junto ao incentivo proporcionado pelo Estado. Acreditamos na educação e no esporte como fatores preponderantes para promover transformação social”, ressaltou.

CENTRO ESPORTIVO

A escola Major Guapindaia, onde a equipe treina, é um Centro Esportivo de Desporto Escolar em Rondônia. Segundo o gestor da unidade, Célio Leandro, a comunidade escolar está muito feliz com a vitória. “Levando em consideração todas as dificuldades, pois o time teve menos de um mês para se preparar, é uma conquista muito grande. Nossos atletas se prepararam. É a primeira vez que Rondônia representa o Brasil em uma competição mundial. Nos sentimos privilegiados!”, comemorou.