Em reencontro com Tite, Corinthians busca manter sequência invicta diante de Flamengo em crise

A última vez que Tite esteve como adversário em um jogo do Corinthians foi em 2009, quando ele dirigia o Internacional.

O Corinthians volta a campo neste sábado para encarar o Flamengo, às 16h (horário de Brasília), no Maracanã. A partida, válida pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro, marca o reencontro de Tite com a torcida corintiana. Multicampeão com o time paulista, o treinador vive crise no comando da equipe rubro-negra. O time do Parque São Jorge quer aproveitar a má fase do adversário para manter a sequência invicta.

A última vez que Tite esteve como adversário em um jogo do Corinthians foi em 2009, quando ele dirigia o Internacional. À época, amargou o vice da Copa do Brasil para o time de Ronaldo. Três anos depois, ajudou o clube a conquistar a inédita Libertadores e o bi do Mundial. Foi campeão Estadual, da Recopa e bi do Brasileiro antes de sair para treinar a seleção brasileira. No ano passado, o clube chegou a procurar o treinador após a demissão de Vanderlei Luxemburgo, mas ele preferiu acertar com o Flamengo.

Apesar de fazer brilhar os olhos dos torcedores mais exigentes, o Corinthians já não perde há quatro partidas. Na terça-feira, a equipe de António Oliveira teve muitas dificuldades diante do modesto Nacional, do Paraguai, em duelo pela Copa Sul-Americana, mas conseguiu voltar ao Brasil com os três pontos. O destaque foi Carlos Miguel, que assumiu a titularidade após Cássio ir para a reserva e tem dado conta do recado.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“Não dá para jogar bem sempre. O mais importante do que a exibição é ganhar. Fizemos grande jogo contra o Fortaleza e não ganhamos. Hoje não jogamos tão bem e ganhamos, conseguimos nosso objetivo. Parabéns aos jogadores pelo esforço e dedicação que estão tendo nessa sequência de quatro jogos em dez dias”, disse António Oliveira após a vitória sobre o Nacional. “Viemos em uma sequência desafiadora. Temos solicitados muitos dos mesmos jogadores. Fluminense, América-RN, Fortaleza e hoje. Repare, as viagens têm sido longas para nós”, completou.

O português deve promover mudanças para o duelo com o Flamengo. Raniele, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, desfalca a equipe. Paulinho provavelmente vai ganhar nova chance como titular, enquanto o meia argentino Rodrigo Garro, liberado para acompanhar o nascimento da filha na última partida, está à disposição e vai começar jogando.

Tite, por sua vez, precisará fazer mudanças. Bruno Henrique e Erick Pulgar, lesionados, devem dar lugar a Everton Cebolinha e Allan, respectivamente. A comissão técnica aguarda a evolução de Arrascaeta, com um problema na coxa direita, para saber se o uruguaio terá condições de jogo. Caso ele não vá a campo, o jovem Lorran, promovido das categorias de base, tem chances de ganhar a vaga.

Corinthians e Flamengo já se enfrentaram 118 vezes na história, com 51 vitórias para os cariocas, 43 para os paulistas e 24 empates, com 176 gols marcados pelo time rubro-negro, e 155 pela equipe alvinegra. A última vitória do Corinthians fora de casa contra o Flamengo foi em 2022, pela 35ª rodada do Brasileirão. Na ocasião, o time do Parque São Jorge venceu no Maracanã, por 2 a 1, com gols de Du Queiroz e Yuri Alberto. Matheus França fez o dos donos da casa.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO X CORINTHIANS

FLAMENGO – Rossi; Varela, Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Viña (Ayrton Lucas); Allan, Gerson e De la Cruz; Luiz Araújo, Everton Cebolinha e Pedro. Técnico: Tite.

CORINTHIANS – Carlos Miguel; Fagner, Félix Torres, Cacá e Hugo; Paulinho, Breno Bidon e Rodrigo Garro; Wesley, Romero e Yuri Alberto. Técnico: António Oliveira.

ÁRBITRO – Ramon Abatti Abel (Fifa/SC).

HORÁRIO – 16h.

LOCAL – Maracanã, no Rio (RJ).