Empresário garante duas lutas entre Anthony Joshua e Tyson Fury em 2021

O anúncio foi feito pelo empresário Eddie Hearn

Os boxeadores Anthony Joshua e Tyson Fury assinaram contrato para duas lutas em 2021. O anúncio foi feito pelo empresário Eddie Hearn para o canal norte-americano ESPN.

Hearn deve anunciar nos próximos dias os locais dos duelos. Nove cidades estão na disputa. Arábia Saudita. Estados Unidos, Catar, Cingapura e China são as mais cotadas para receber o primeiro combate. O estádio de Wembley, em Londres, na Inglaterra, está reservado para um segundo duelo, quando espera-se um público já vacinado de 90 mil pessoas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE 970x250

A bolsa dos lutadores para a primeira luta, em junho ou julho, será dividida. O vencedor recebe 60-40 no segundo duelo, previsto para novembro ou dezembro.

“A parte difícil é sempre fazer com que todos coloquem a caneta papel. Mas este foi um grande esforço de todas as partes para obter a assinatura sobre a linha. Você tem promotores rivais, redes de televisão rivais e rivais lutadores”, disse o dono da empresa Matchroom.

Joshua, de 31 anos, lutou pela última vez em dezembro, quando derrotou o búlgaro Kubrat Pulev, enquanto Fury, de 32, não se apresenta desde fevereiro de 2020, na vitória sobre Deontay Wilder.

Joshua é o campeão mundial dos pesos pesados pela Associação Mundial, Organização Mundial e Federação Internacional de Boxe. Ele soma 24 vitórias (22 nocautes) e uma derrota. Fury é o dono do cinturão do Conselho Mundial de Boxe, após 30 vitórias (21 nocautes) e um empate.