CR7 pagou R$ 1 milhão por silêncio de vítima de estupro, diz revista

© Sergio Perez/Reuters

O astro do Real Madrid Cristiano Ronaldo foi acusado, nesta sexta-feira (14), de pagar 375 mil dólares (cerca de R$ 1,17 milhão) para ocultar um estupro cometido por ele em janeiro de 2010. A denúncia foi feita pela revista alemã ‘Der Spiegel’.

Segundo a publicação, a mulher assinou um contrato em que se comprometia a manter silêncio sobre o assunto. O crime teria acontecido em uma festa em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Registros telefônicos da Polícia Metropolitana de Las Vegas indicam que a jovem procurou autoridades após o abuso. Ela afirmou que o agressor era ‘uma figura pública’ e um ‘atleta’, sem mencionar o nome de CR7. Após o acordo, teria retirado a queixa.

Ainda de acordo com a revista, o contrato foi assinado em nome do advogado de Cristiano Ronaldo, Carlos Osório de Castro, cerca de sete meses após o ocorrido. A assessoria do jogador não comentou o caso.

Autor / Fonte: Esporte ao Minuto