Ibra pode ficar nove meses fora e até encerrar carreira, diz imprensa europeia

Jornal português "Record" diz que Ibrahimovic poderá encerrar a carreira por causa da lesão no joelho (Foto: Reprodução)

Jornal português “Record” especula que atacante não voltaria aos gramados após lesão no joelho direito. Repórter italiano afirma que operação será nos Estados Unidos

previsão inicial na imprensa inglesa era que Ibrahimovic perderia o restante da temporada do Manchester United por causa de uma lesão no joelho direito, sofrida durante a vitória por 2 a 1 sobre o Anderlecht, pela Liga Europa, quinta-feira. Mas veículos de outros países europeus foram mais longe nesta sexta: o craque poderá ficar nove meses fora e até encerrar a carreira por causa disso.

O repórter italiano Gianluca di Marzio, da “Sky Sport”, publicou em seu site que Ibra rompeu os ligamentos do joelho, o que exige um período de nove meses de recuperação. De acordo com o jornalista, o sueco já está planejando uma viagem aos Estados Unidos para fazer a operação com um especialista na universidade de Pittsburgh.

Em Portugal, o jornal “Record” divulgou informações semelhantes e especulou que, aos 35 anos, Ibra poderia decidir se aposentar por causa do longo período fora dos gramados. Caso fique nove meses parado, o craque só voltaria em janeiro de 2018 a jogar.

Até o momento, o Manchester United e o craque ainda não divulgaram informações oficiais sobre a situação do camisa 9. Mas as informações da imprensa europeia também estão repercutindo na Inglaterra. O “Express” reproduziu a notícia de Di Marzio e lembrou que agora José Mourinho terá que procurar uma nova estrela na próxima abertura da janela de transferências.

Ibra jogou os 90 minutos iniciais contra o Anderlecht, mas não voltou para a prorrogação. No último lance do tempo regulamentar, o sueco se chocou dentro da área e caiu com dores no joelho direito. O craque foi atendido em campo e depois caminhou direto para o vestiário. Em entrevista coletiva após a partida, o treinador José Mourinho se disse pessimista sobre a contusão.

Fonte: Globoesporte