Tite se diz emocionado por voltar ao Itaquerão com a seleção brasileira

Former Corinthians coach Adenor Leonardo Bacchi, known as Tite, poses with a banner that reads "From my hearth, thank you, Corinthians!", before their 2016 Brazilian championship football match against Botafogo, at the Arena Corinthians in Sao Paulo, Brazil on June 19, 2016. Tite was designed as new coach of Brazil's national team to replace Dunga. / AFP / Miguel Schincariol (Photo credit should read MIGUEL SCHINCARIOL/AFP/Getty Images)

Treinador conquistou dois Brasileiros, Mundial, Libertadores, Paulista e Recopa no Timão

Pelas rodadas 13 e 14 das Eliminatórias para a Copa do Mundo, a seleção brasileira enfrentará o Uruguai fora de casa e o Paraguai na Arena Corinthians. Este será o primeiro reencontro do técnico Tite sua “antiga casa”. Sua última partida no estádio corintiano foi em 4 de junho de 2016, onde o alvinegro venceu o Coritiba por 2 a 1, com gol aos 49 minutos do segundo tempo.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

 

A partida era válida pela sexta rodada do Brasileirão e três meses depois o comandante estreou pela seleção vencendo o Equador por 3 a 0 fora de casa. Segundo o técnico, voltar para a Arena Corinthians será emocionante por toda a história construída à frente do alvinegro.

“Falo disso como um profissional, mas também pelo lado humano. Quando deu a possibilidade de voltar à Arena Corinthians, fiquei feliz. Tem um cunho de emoção forte, porque sou grato ao clube que me propiciou estar hoje técnico da seleção brasileira”, declarou.

Tite teve três passagens pelo Corinthians. A primeira, entre 2004 e 2005, não foi marcante, porém as outras duas trouxeram vários títulos. Entre 2010 e 2013, o comandante ganhou um Campeonato Brasileiro, uma Libertadores, um Mundial de Clubes, mais um Paulista e uma Recopa Sul-Americana. No retorno, de 2015 a 2016, o técnico liderou o time à conquista do Brasileirão de 2015, temporada em que fez o clube ganhar 79% dos pontos disputados no novo estádio. Na arena o treinador viveu a aclamação da torcida na despedida, em junho do ano passado, quando participou de uma homenagem antes de se apresentar à seleção brasileira.

“Tem um aspecto emocional muito grande, de envolvimento, com o Corinthians, por ter sido meu último clube. A sensibilidade fica aflorada. Não por isso deixo de ser respeito a outras equipes, porque meu passado me orgulha”, afirmou.

O técnico terá a oportunidade de relembrar o cotidiano de treinador do Corinthians com a presença no CT Joaquim Grava, onde a seleção brasileira vai fazer a preparação para as duas próximas rodadas das Eliminatórias. Pelo clube, Tite trabalhou em 378 jogos, com 196 vitórias, 110 empates, 72 derrotas e seis títulos conquistados.

No estádio do Corinthians a seleção brasileira esteve presente em duas ocasiões. Na primeira, pela abertura da Copa de 2014, bateu a Croácia por 3 a 1. No ano passado, pelo torneio olímpico dos Jogos do Rio, a equipe fez 2 a 0 na Colômbia, pelas quartas de final da competição.

Em Montevideo, o Brasil encara o Uruguai no estádio Centenário. Antes do embarque, a seleção fará treinos no CT Joaquim Gravá e encara a Celeste no dia 23, às 20h. Já no dia 28, a Amarelinha encara o Paraguai na Arena Corinthians, e terá sua preparação feita novamente no centro de treinamentos corintiano e também no CT do São Paulo.

 

Fonte: R7