Marcelinho Carioca: polícia localiza ex-jogador em SP

As circunstâncias do desaparecimento ainda são investigadas

A Polícia Civil de São Paulo localizou na tarde desta segunda-feira, 18, o ex-jogador Marcelinho Carioca. O veículo do atleta aposentado, uma Mercedes, havia sido achado mais cedo na região de Itaquaquecetuba, Grande São Paulo. As circunstâncias do desaparecimento ainda são investigadas.

Dois suspeitos de participação no crime foram detidos pela Polícia Militar e levados ao 50º Distrito Policial, no Itaim Paulista, zona leste. Nenhum deles confessou participação no delito. A polícia investiga um pedido de R$ 30 mil feito à família do ex-atleta, que transferiu o dinheiro.

A suspeita é de que tenham emprestado as contas bancárias para receber o depósito inicial dos R$ 30 mil. Um terceiro suspeito também foi preso, informou a polícia.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Segundo investigadores do caso, o jogador conheceu uma mulher durante um show e saiu com ela da Neo Química Arena, estádio do Corinthians, onde ocorria o evento.

A Divisão Antissequestro e policiais do Decap (Departamento de Polícia Judiciária da Capital) e do Demacro (Departamento de Polícia Judiciária da Macro São Paulo) estão investigando o crime.

Em nota, a prefeitura de Itaquaquecetuba negou que o sequestro tenha ocorrido na cidade, mas, sim, segundo a gestão municipal, na zona leste da capital. “Segundo informações das autoridades policiais, o veículo teria sido visto rodando, na madrugada, em Cidades Tiradentes, bairro da zona leste paulista.”

Marcelinho foi secretário de Esporte e Lazer de Itaquaquecetuba, mas não exerce a função “há meses”, segundo a prefeitura, que lamentou o ocorrido e disse torcer “para que, o quanto antes, as investigações apontem os responsáveis pelo crime”.

Post mais recente mostra presença em show

No seu perfil oficial do Instagram, Marcelinho Carioca fez uma publicação direto do camarim do cantor Thiaguinho no estádio do Corinthians, a Neo Química Arena, na zona leste de São Paulo.

No vídeo, o ex-jogador aparece feliz por estar ao lado do cantor. “O monstro está aqui. O gigante está aqui”, disse Marcelinho. Ao ser abraçado por Thiaguinho, também é elogiado. “Eu estou no camarim do Corinthians com o meu maior ídolo. Eu te amo muito”, declarou o cantor. “O palco é dele. O show lá dentro é dele”, acrescentou Marcelinho.

Com o desaparecimento do ex-jogador, muitos internautas postaram mensagens de apoio, desejando que Marcelinho seja o quanto antes encontrado.

Revelado no Flamengo, Marcelinho fez história no Corinthians

Marcelinho foi revelado pelo Flamengo e alçado ao time principal pelo técnico Telê Santana quando tinha apenas 16 anos. A estreia como profissional aconteceu em 1988, substituindo o ídolo Zico em um clássico com o Fluminense. Marcelinho fez parte de conquistas importantes no Flamengo, como a Copa do Brasil (1990), Carioca (1991) e Campeonato Brasileiro (1992).

O jogador foi negociado com o Corinthians em 1993, quando passou a ser chamado de Marcelinho Carioca. Apesar de ter ido contra a transferência, o jogador teve identificação imediata com a torcida e viveu o seu auge com a camisa alvinegra.

Marcado pela destreza na bola parada, especialmente nas cobranças de falta, ele empilhou títulos pelo time do Parque São Jorge: Paulistão (1995, 1997, 1999 e 2001), Campeonato Brasileiro (1998 e 1999), Copa do Brasil (2000) e Mundial de Clubes da Fifa (2000).

Marcelinho também acumulou passagens por Vasco, Santos e Valência antes de se aposentar. Após pendurar as chuteiras, ele se formou em Jornalismo e trabalhou como comentarista. Posteriormente, ingressou na carreira política e até janeiro ocupou o cargo de secretário municipal de esporte e lazer de Itaquaquecetuba. (Colaborou Rodrigo Sampaio)