Mbappé diz que Messi não recebeu o respeito que merecia na França

O atacante de 24 anos comentou sobre o seu futuro e reforçou o desejo de cumprir o seu último ano de contrato no PSG

– Kylian Mbappé falou pela primeira vez sobre a saída de Messi do PSG para o Inter Miami e analisou o período que o craque argentino atuou no futebol francês. Além disso, o atacante de 24 anos comentou sobre o seu futuro e reforçou o desejo de cumprir o seu último ano de contrato no PSG.

PSG PRECISA EVOLUIR PARA CHEGAR AO TOPO

“Sabíamos que havia carências que cedo ou tarde você paga. É preciso aprender com os erros de cada temporada, para não repeti-los toda vez. Individualmente me mantenho em alto nível. Quero continuar progredindo para estar sempre no topo”.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

DESRESPEITO COM MESSI NA FRANÇA

“Estamos falando de potencialmente o melhor jogador da história do futebol [Messi]. Nunca é uma boa notícia quando alguém como Messi se vai. Não entendo muito bem porque tantas pessoas ficaram aliviadas com a saída dele. Não teve o respeito que merecia na França. É uma pena”.

MBAPPÉ DIZ QUE NÃO PEDIU PARA SER VENDIDO AO REAL

“Não pedi nem para ser vendido, nem para ir ao Real Madrid. Apenas confirmei que não quero ativar o ano adicional no contrato. Nunca falamos em renovar, mas estou feliz em ficar na próxima temporada”.

As declarações de Mbappé foram dadas ao jornal italiano Gazzetta dello Sport.

MBAPPÉ ESTÁ DE SAÍDA DO PSG

Jogador confirmou ontem que não permanecerá no PSG após o término de seu contrato em 2024 e afirmou que o clube já sabia dessa decisão há quase um ano.

“Nunca discuti qualquer renovação de contrato com o PSG. A diretoria foi informada desde 15 de julho de 2022 da minha decisão de não estender além de 2024 -e a carta enviada foi apenas para confirmar o que eu já disse a eles”, disse Mbappé à agência de notícias francesa AFP.

A decisão força o PSG a se mexer caso queira evitar perder seu grande astro de graça. O time teria apenas mais duas janelas de transferências para conseguir vendê-lo antes que ele possa assinar um pré-contrato com qualquer equipe a partir de 31 de janeiro de 2024.