Na mira do Atlético-MG, Edenilson tem conversa com o Inter para aparar arestas e tratar sobre futuro

Executivo Paulo Bracks lidera as tratativas sobre situação do volante. Representante do jogador, Guilherme Miranda, deve vir a Porto Alegre no futuro

O futuro de Edenilson segue aberto. O volante, alvo do Atlético-MG, teve conversas com o executivo do Inter, Paulo Bracks, nos últimos dias. As tratativas são mantidas e vistas como “bem conduzidas” pelas duas partes. O representante do volante, Guilherme Miranda, inclusive, pretende vir a Porto Alegre “em breve” também para reuniões.

O Inter deixou claro que não se furta de conversar com o Atlético-MG. Porém, busca os melhores termos para que ocorra a liberação do camisa 8 na negociação. E costura os contatos de maneira satisfatória inclusive na visão do estafe do jogador.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Um dos destaques do último Brasileirão, Edenilson demonstrou o desejo de trocar Porto Alegre por Belo Horizonte. Há um acerto alinhado com o Galo, mas ainda distante do que é pretendido pelos gaúchos.

Um dos impasses que as partes tentam desatar diz respeito ao mais recente contrato de Edenilson. O volante alega a existência de um suposto acordo verbal, que teria ocorrido quando houve a renovação em 2020, para facilitar a saída, caso fosse seu interesse. A atual diretoria e Alexandre Chaves Barcellos, vice-presidente na época, negam.

O vínculo atual teve a multa rescisória reduzida em caso de negociação para fora do país. Para contratá-lo, seria necessário aportar US$ 3 milhões (R$ 16,91 milhões pela cotação atual) limpos nos cofres gaúchos.

Enquanto a situação não se define, Edenilson cumpre rotina no Centro de Treinamentos do Parque Gigante. Após realizar testagem contra a Covid-19, estará presente na parte da tarde e trabalhará com o grupo de Alexander Medina.

No Inter desde 2017, soma 252 partidas pelo Inter, só abaixo de Rodrigo Dourado (291) e Víctor Cuesta (258) no atual elenco. Balançou as redes em 38 oportunidades. Na última temporada, disputou 54 jogos, com 15 gols e nove assistências.

O destaque em 2021 levou o volante à seleção brasileira. Ele participou dos últimos chamados de Tite e já nutre expectativa para a próxima quinta-feira, quando sai a nova nominata da Seleção.