Exército etíope realiza novo ataque contra capital de Tigré

O bombardeio "foi direcionado contra instalações transformadas [pelos rebeldes de Tigré] em um centro de fabricação de armas e reparo de seu equipamento militar"

O Exército etíope lançou um ataque aéreo contra Mekele, capital da região de Tigré, pela segunda vez esta semana, anunciou nesta quarta-feira (20) um porta-voz do governo.

O bombardeio “foi direcionado contra instalações transformadas [pelos rebeldes de Tigré] em um centro de fabricação de armas e reparo de seu equipamento militar”, disse à AFP por SMS o chefe do serviço de comunicação do governo, Legesse Tulu.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE Mulher - 970

No momento, não foi divulgado nenhum balanço do bombardeio, que destruiu uma instalação industrial, disse um morador da área, que acrescentou: “foi muito forte e o avião estava muito próximo”.

“A empresa inteira pegou fogo, não se sabe se há vítimas, mas todo o prédio pegou fogo”, acrescentou.

O governo etíope anunciou um novo bombardeio aéreo algumas horas depois contra um centro de treinamento rebelde perto de Mekele.

Na segunda-feira, o Exército etíope realizou dois ataques contra posições da Frente de Libertação do Povo de Tigré (TPLF) em Mekele, marcando uma nova escalada no conflito entre as forças federais etíopes e seus aliados contra os rebeldes de Tigré.

De acordo com o Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA), pelo menos três crianças foram mortas no primeiro bombardeio.