Mãe se recusa a amamentar filho que nasceu com anomalia rara

Após o parto, familiares ficam assustados e triste com a situação da criança

A mãe Khalida Begum, 35 anos, deu à luz a um bebê, na segunda-feira (20), na Índia, e a criança nasceu com uma doença rara. As condições físicas do bebê fizeram com que a mãe se negasse a amamentá-lo.

Os especialistas indianos disseram que ele sofre de uma condição genética muito incomum, chamada “Harlequin Ichthyosis”, ou Ictiose arlequim.

Segundo o iG, a criança tinha uma cabeça pequena e olhos esbugalhados, aparências que são classificadas pela população indiana como ‘alienígenas’.

A família do bebê é de Kathihar, no estado norte-indiano de Bihar. Após o parto, familiares ficam assustados e triste com a situação da criança. “Quando eu o vi após o parto pela primeira vez, fiquei completamente chocado ao perceber a aparência alienígena”, disse Khalida.

Horas depois, a mãe cedeu e decidiu cuidar da criança.

DOENÇA

A anomalia também é conhecida como ictiose congênita ou ictiose fetal, e trata-se de um raro distúrbio genético que afeta especialmente a pele, que começa a se esticar, forçando os lábios e as pálpebras a virarem do avesso. O iG explica que essas condições limitam os movimentos do bebê, como respiração e alimentação, e compromete a barreira protetora da pele, deixando o recém-nascido mais suscetível a alterações metabólicas e infecções.

 

Fonte: Notíciasaominuto