Volodymyr Zelensky pede que parlamento da Ucrânia legalize maconha medicinal

Volodymyr Zelensky, presidente da Ucrânia, afirmou que medida pode ajudar a população do país a enfrentar os efeitos de guerras

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, pediu que o parlamento legalize a maconha medicinal no país, afirmando que tal medida poderia ajudar os ucranianos a suportar alguns efeitos da guerra.

“Todas as políticas mais eficazes, todas as soluções, por mais difíceis ou incomuns que possam parecer, devem ser aplicadas na Ucrânia para que todos os nosso cidadãos não tenham que suportar a dor, estresse e trauma devido às guerras”, afirmou o líder ucraniano nesta quarta-feira (28/6), durante uma reunião com parlamentares.

Então, ele pediu pela maconha medicinal: “Em particular, devemos legalizar honestamente medicamentos à base de cannabis para todos que precisam”, acrescentou.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Esta não é a primeira vez que o presidente ucraniano defende o uso da erva para fins medicinais. Durante a corrida presidencial de 2019, quando ainda era candidato ao cargo de chefe do executivo, Zelensky disse que a legalização da maconha medicinal era um caminho “normal”.

Já em 2021, o presidente da Ucrânia pediu que o parlamento do país votasse com prioridade um projeto de lei sobre a legalização da maconha medicinal, o que acabou não acontecendo.