Tiroteio termina com 6 milicianos baleados e 9 presos pela PRF em avenida movimentada

Grupo integra a organização criminosa do miliciano Luís Antônio da Silva Braga, o "Zinho", preso no final do ano passado

Um confronto entre agentes da Polícia Rodoviária Federal e milicianos nesta quinta-feira (7), terminou com seis milicianos baleados e nove presos na avenida Brasil, na altura de Campo Grande, na zona oeste do Rio.

De acordo com as investigações, o grupo estava sendo monitorado havia vários meses e foram interceptados em quatro carros em direção a Santa Cruz, também na zona oeste. Durante a ação, houve confronto e seis milicianos ficaram feridos e nove foram presos. Os feridos foram encaminhados à unidade hospitalar.

Segundo investigações e levantamentos de inteligência da Draco (Delegacia de Repressão as Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais), o grupo integra a organização criminosa do miliciano Luís Antônio da Silva Braga, o “Zinho”, preso no final do ano passado.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE