Coronavírus: municípios de RO devem investigar todos os óbitos por síndrome respiratória

Recomendação foi enviada às secretarias municipais de saúde. Além disso, Agevisa pede que municípios informem notificação de casos suspeitos em até 12h.

A Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) pediu para que os 52 municípios de Rondônia passem a investigar 100% dos óbitos por síndrome respiratória aguda grave. A medida faz parte do enfrentamento de emergência de saúde pública contra o coronavírus.

A notificação da Agevisa foi enviada às secretarias municipais e publicada na última edição do Diário Oficial do estado (Diof).

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Segundo a agência, várias medidas devem ser adotadas imediatamente pelos municípios, entre elas:

  • Notificação de todos os casos suspeitos de coronavírus em até 12 horas, que deve ser informada ao Cievs.
  • Investigação de 100% dos óbitos por síndrome respiratória aguda grave.
  • Criar o Disque Coronavírus à população, com funcionamento de segunda a sexta, incluindo feriados, das 8 às 12h e de 14 às 18h; e aos sábados de 8 às 12 h.
  • Elaborar um Plano de Contingência Municipal de enfrentamento ao coronavírus.
  • Oferecer treinamento aos profissionais da rede local e usuários quanto ao manejo do coronavírus e uso de EPI.
  • Criar horário estendido entre segunda a sexta-feira, durante a campanha de vacinação da influenza e sarampo, e finais de semana, preferencialmente em lugares abertos da Unidade de Saúde, para evitar aglomeração de pessoas.

De acordo com a recomendação da Agevisa, os municípios têm prazo de 72 horas para informar as medidas adotadas pelas respectivas secretarias.

Casos de coronavírus em Rondônia

Rondônia segue com 3 casos confirmados da Covid-19, conforme balanço divulgado no fim da tarde de domingo (22). O primeiro foi registrado em Ji-Paraná no dia 19 de março. O paciente é um homem de 29 anos, morador de São Paulo, que esteve na cidade para trabalhar.

Durante coletiva de imprensa no sábado (21), o secretário de estado de saúde, Fernando Máximo confirmou os dois primeiros casos da doença em Porto Velho.

No domingo (22), o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (Fiero) disse que testou positivo para Covid-19. Marcelo Thomé participou da viagem do presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos no início do mês. Até o momento 22 pessoas da comitiva testaram positivo para a doença.

Há 163 casos suspeitos da doença nas cidades, em 15 cidades:

  • Porto Velho – 89
  • Ji-Paraná – 23
  • Cacoal – 14
  • Jaru – 07
  • Ouro Preto do Oeste – 06
  • Vilhena – 06
  • Ariquemes – 04
  • Pimenta Bueno – 04
  • Rolim de Moura – 03
  • Nova Mamoré – 02
  • Alta Floresta do Oeste – 01
  • Espigão do Oeste – 01
  • Governador Jorge Teixeira – 01
  • Nova Brasilândia do Oeste – 01
  • Santa Luzia do Oeste – 01

Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença — Foto: Foto: Infografia/G1Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença — Foto: Foto: Infografia/G1