PM desarticula quadrilha especializada em furto de gado na região do Vale do Jamari

Uma mega operação intitulada “Vaca Magra” da Polícia Militar do Município de Cujubim, na manhã de quinta-feira (08).

A operação se deu através de uma denúncia, que informava que algumas cabeças de gado furtadas estavam em uma propriedade na linha 12.

Já no sitio, o proprietário do sitio, relatou aos policiais que teria comprado o gado ao valor de R$ 1.000,00 cada cabeça, totalizando R$ 14.000,00, ao ser indagado de quem ele teria comprado as criações, o mesmo disse que não sabia o nome. A vítima reconheceu o gado como de sua propriedade.

Em uma revista na residência do suspeito, foi encontrada uma pistola 765 da marca Taurus PT 57 e dois carregadores, 17 munições intactas de calibre 765, uma espingarda calibre 28, 12 munições calibre 38, 6 cartuchos de plástico calibre 28, 3 cartuchos de metal calibre 28, materiais para recarregar cartucho, espoleta, chumbo, pólvora e secador, uma serra circular, uma máquina de pulverizar, um motosserra, uma caixa de ferramentas e uma motocicleta da marca Honda, modelo XRE de cor vermelha, com número do chassi e do motor raspados e com placa de uma moto Pop 100.

Após os policiais ter encontrados os objetos em sua residência, mais uma vez os policiais indagou o suspeito de quem ele teria comprado o gado, o mesmo desta vez disse que teria comprado de um tio seu, que mora na cidade de Cujubim.

Na casa do tio do suspeito, a esposa autorizou os policiais a revistarem a residência, onde foi encontrado uma máquina de pulverizar e 3 cartuchos calibre 16. Durante a revista na residência do elemento que estava com o gado, compareceu no local, um senhor relatando que sua residência havia sido furtada e que haviam sido subtraídos uma pistola 765 registrada em seu nome, uma motosserra, uma máquina de pulverizar, 13 bolas de arame, 1 serra circular, 1 revólver calibre 38, 1 maleta de chave, 1 robusta, 100 litros de gasolina e caixas de óleo. A maioria dos objetos citado foram recuperados nas residências dos suspeitos.

Ao ser indagados sobre o restante do gado furtado, o suspeito disse que no dia em que chegaram, 3 cabeças morreram e que seu sobrinho havia vendidos o restante do gado. O tio do elemento assumiu que juntamente com o sobrinho havia realizado o furto, e que os objetos furtados que não havia sido encontrado, seu sobrinho havia escondido próximo de sua residência.

Os policiais foram até o local indicado de que estariam os objetos escondidos, onde lograram êxito em recuperar o restante dos bens furtados.

Diante dos fatos, os objetos, as armas e os suspeitos, foram apresentados na 1ª Delegacia Geral de Polícia Civil de Ariquemes, onde foi registrado o Boletim de Ocorrência Policial, sob n°90768/2017, para que posteriormente, os bens e o gado sejam devolvidos aos seus respectivos proprietários.

 Fonte: Alerta Rondônia