Corpo carbonizado é encontrado após incêndio em residência na zona rural

Em contato com a esposa de Geraldo A mesma relatou que seu esposo havia mencionado sobre ameaças que vinha recebendo

 Na manhã deste sábado, 13 de abril, a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de um incêndio em uma residência localizada na comunidade Rei Davi, aproximadamente 5 km distante do centro de Espigão do Oeste. O Corpo de Bombeiros também respondeu prontamente ao chamado, controlando as chamas e realizando os procedimentos de rescaldo.

Segundo informações obtidas no local, vizinhos da casa incendiada relataram a possível presença de um morador identificado como Geraldo, de 37 anos, que normalmente saía para o trabalho pela manhã, não foi avistado saindo de casa na data do incidente.

Após inspeção do local pelos bombeiros, vestígios de uma ossada humana foram descobertos, posteriormente identificada como sendo de Geraldo de Souza Oliveira. Diante dessa descoberta, a Polícia Técnica foi chamada para conduzir os procedimentos de praxe.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

 A funerária de plantão, Bom Pastor, foi acionada para realizar a remoção dos restos mortais. Em contato com a esposa de Geraldo, esta informou que saiu de casa ontem, por volta das 18 horas, passando a noite na casa de sua irmã. A mesma também relatou que seu esposo havia mencionado sobre possíveis ameaças que vinha recebendo, mas nunca identificou os responsáveis por tais ameaças. O caso foi registrado e a Polícia Civil deverá dar continuidade as investigações para esclarecer os fatos que levaram ao incêndio e à morte de Geraldo de Souza Oliveira.