Agência de Desenvolvimento de Porto Velho atua para promover o desenvolvimento sustentável e a inovação

Ao longo do ano, Agência promoveu uma série de atividades e eventos, com destaque para o ICLEI Amazônia

A Agência de Desenvolvimento de Porto Velho (ADPVH) foi criada em 2017 com o objetivo de fomentar o desenvolvimento socioeconômico do município de Porto Velho e da região, promovendo a atração de investimentos públicos e privados e a melhoria do ambiente de negócios da cidade.

Ao longo de sua atuação, a Agência atuou para cumprir esse papel, realizando uma série de eventos e ações visando desenvolver a economia sustentável e a inovação. Neste ano de 2023 o destaque foi a realização do ICLEI Amazônia, junto com o 1º Fórum de Sustentabilidade de Porto Velho.

“Compete à Agência estabelecer parcerias e gerir projetos que impactam na competitividade e no reposicionamento do município como um destino importante para investidores globais, garantindo a geração de empregos e renda e melhorando a qualidade de vida das pessoas”, pontua o presidente da Agência, Marcelo Thomé.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

FUNDAÇÃO CERTI

Uma das principais ações deste ano foi a parceria com a Fundação Certi para Promoção da Inovação em Porto Velho, através do Programa Jornada Amazônia. O trabalho se baseia no estímulo ao ecossistema de negócios inovadores e escaláveis na Amazônia. Uma das ações é o Programa Sinapse da Bioeconomia, que oferece capacitação, suporte e recursos financeiros para transformar ideias em negócios de sucesso. Com esse trabalho, Porto Velho se posicionou como o quarto em projetos submetidos e o quarto entre os municípios com projetos aprovados.

Ainda dentro do contexto da parceria e cooperação com a Fundação Certi, foi incluído o programa Gênese, que tem como finalidade despertar talentos empreendedores e estimular a pesquisa orientada a produtos e soluções de impacto e o Sinapse da Bioeconomia, que tem como finalidade selecionar ideias inovadoras e originar até 70 novos negócios, que oferece acesso a financiamento e suporte de até R$ 70 mil em recursos não-reembolsáveis.

A Plataforma Jornada Amazônia, coordenada e executada pela Fundação Certi, pretende mobilizar 20 mil talentos empreendedores, criar 200 novas startups de impacto, qualificar 100 empresas, e investir nas 30 startups mais promissoras até 2025.

ICLEI AMAZÔNIA

2ª edição do ICLEI Amazônia reuniu convidados nacionais e internacionais
2ª edição do ICLEI Amazônia reuniu convidados nacionais e internacionais

Com o objetivo de alinhar a agenda de sustentabilidade de Porto Velho e promover negócios sustentáveis e inovadores na cidade, foi realizada a primeira edição do Fórum de Sustentabilidade de Porto Velho, além do 2º Encontro ICLEI Amazônia – Regional Norte e o Fórum de Cidades Pan-Amazônicas.

“A ideia é o fortalecimento de Porto Velho como um centro para negócios sustentáveis e inovadores, com impacto esperado para os próximos 50 anos. Os debates sobre a sustentabilidade na Amazônia reuniram atores e convidados nacionais e internacionais”, disse o diretor técnico da ADPVH, Leandro Dill.

ECOSSISTEMA

A Agência participou diretamente da construção e do apoio ao Ecossistema Local de Inovação (ELI) de Porto Velho, criado com a finalidade de trazer inovações e desenvolvimento socioeconômico que impulsionem a economia local. Em parceria com o Sebrae, o trabalho é focado no desenvolvimento tecnológico e inovação para impulsionar o empreendedorismo na cidade.

Formam o Conselho Deliberativo do Ecossistema Local de Inovação de Porto Velho (ELI) empreendedores, instituições de pesquisa e ensino, e órgãos de representatividade social, como a ADPVH, Unir, OAB-RO, Senai, Tambaqui Valley, entre outros. O principal trabalho foi a unificação e integração de agendas entre as instituições participantes, para fortalecer e potencializar as iniciativas de inovação.

O Conselho Deliberativo do Ecossistema Local de Inovação de Porto Velho trabalha para potencializar as iniciativas de inovação
O Conselho Deliberativo do Ecossistema Local de Inovação de Porto Velho trabalha para potencializar as iniciativas de inovação

“A preparação para a realização da 1ª edição do Summit da Inovação Vale do Madeira; a Jornada do Empreendedor, um projeto desenvolvido pelo ELI, destinado a conectar empreendedores com recursos e conhecimentos necessários, visando impulsionar a inovação em empresas existentes e acelerar a criação de novas startups também integram as ações em parceria”, completou Dill.

SAÚDE

Com o objetivo de explorar as possibilidades de empreendedorismo no setor da saúde e apresentar ferramentas e estratégias para a implementação de projetos empreendedores com impacto positivo na sociedade, a Agência apoiou a realização do workshop “Socioempreender na Saúde” – Novas Tecnologias e Oportunidades de Negócios no Setor de Saúde.

A parceria contou com a apresentação de oportunidades de negócios em biotecnologia e bioeconomia, baseadas nos Cadernos Setoriais publicados no final do ano passado.

DIAGNÓSTICOS

O papel fundamental que as micro, pequenas e médias empresas têm na economia local de Porto Velho, destacando os avanços e diagnósticos do setor, foi também trabalhado pela Agência neste ano.

Com cerca de 71 mil CNPJs ativos, com destaque para os setores de comércio varejista, produtos farmacêuticos, móveis, alimentos, bebidas, beleza, construção, lanchonetes e restaurantes, Porto Velho registra ainda uma baixa digitalização e uso ineficiente das mídias sociais e outras tecnologias para divulgação e venda.

Nesse sentido, foram estabelecidas ações de apoio aos setores com potencial de rentabilidade, como ecoturismo e gastronomia locais. Desde 2021 que a Agência disponibiliza os Cadernos Técnicos Setoriais, para indicar oportunidades de investimento.

ECONOMIA SUSTENTÁVEL

Para identificar caminhos para ampliar o fomento à inovação em Porto Velho e desenvolver a economia do município de maneira sustentável, a Prefeitura de Porto velho e o Ecossistema de Inovação Vale do Madeira, com a colaboração da Agência de Desenvolvimento de Porto Velho (ADPV) e a Federação das Indústrias de Rondônia (Fiero) realizaram o painel Transformação Sustentável: o Papel da Inovação no Desenvolvimento Regional e no Ambiente de Negócios.

A finalidade foi discutir o investimento para desenvolvimento sustentável e identificar desafios para inovação na região.

SIMPLIFICAÇÃO

Com a atuação direta da ADPVH, o projeto de simplificação do licenciamento de obras implantado no município, com resultados expressivos, foi apresentado em Brasília, durante o evento Transformar Juntos do Sebrae. Esse trabalho foi escolhido pelo Sebrae para ser destaque no evento nacional, por fornecer consultoria e criar um melhor ambiente de negócios.

Agência integrou a Comissão Permanente de Acompanhamento e Avaliação do Plano Diretor de Porto Velho
Agência integrou a Comissão Permanente de Acompanhamento e Avaliação do Plano Diretor de Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho concluiu a fase 1 do processo de simplificação para licenciamento de obras civis que busca aquecer o setor da construção civil na cidade. A parceria entre a Prefeitura de Porto Velho e o Sebrae busca simplificar os processos de licenciamento para construção civil e agilizar a regularização de obras e alvarás de construção.

PLANO DIRETOR

A Agência de Desenvolvimento atuou ainda na Comissão Permanente de Acompanhamento e Avaliação do Plano Diretor de Porto Velho. A participação da Agência de Desenvolvimento nesse contexto demonstra seu envolvimento ativo no planejamento e desenvolvimento urbano da cidade. A ADPVH, inclusive, foi eleita para compor o Conselho da Cidade (Concidade).

SOLUÇÕES INTELIGENTES PARA DESAFIOS DA CIDADE

Em um movimento estratégico para o avanço urbano e o desenvolvimento de talentos locais, a Agência de Desenvolvimento de Porto Velho (ADPVH) firmou um Termo de Parceria inovador com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (Ifro). Essa parceria pioneira tem como objetivo integrar estudantes do Ifro como estágios na prefeitura, onde eles poderão aplicar seus conhecimentos para resolver desafios reais da cidade.