Com medo de surto população se expõe ao risco em supermercados da capital

No Decreto Municipal oficializado pelo prefeito de Porto Velho, supermercados tem autorização de funcionar por 24 horas, caso necessário

Com o estado de Calamidade Pública decretada em Rondônia desde sábado (21), cidadãos assustados com a infecção por Coronavírus expuseram-se ao risco e lotaram grandes redes de supermercado em Porto Velho, capital do Estado.

Alguns desses estabelecimentos estavam com o acesso restrito, motivo pelo qual se formou filas enormes, onde as pessoas por um considerável período de tempo promoveram aglomerações, fazendo justamente o contrário do recomendado pelas autoridades sanitárias.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Vale destacar, que comércios e empresas que desempenham serviços essenciais à sociedade permanecerão em funcionamento, claro, com medidas para resguardar a integridade dos funcionários e clientes.

No Decreto Municipal oficializado pelo prefeito de Porto Velho, supermercados tem autorização de funcionar, inclusive por 24 horas, caso necessário.