Rua Andreia com avenida Calama em PortoVelho recebe serviço de drenagem

Serviço será finalizado com 2 quilômetros de recapeamento da via

A obra para retirada do canteiro central, drenagem e recapeamento na avenida Calama, entre Guaporé e Mamoré, continua. O serviço, executado pela Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Obras (Semob), teve a primeira etapa concluída entre a Mamoré e a rua Daniela, com a limpeza de bocas de lobo, colocação de manilhas e retirada do canteiro central. Com isso, as equipes de trabalho continuam o trabalho na avenida Andreia sentido Guaporé, onde serão feitos 150 metros de drenagem com a retirada do canteiro central, para posteriormente ser feito o recapeamento de todo o trecho. Ao todo serão 2 quilômetros de recuperação do asfalto.

“O primeiro passo foi a limpeza das bocas de lobo e das manilhas já existentes, o local mais crítico foi entre a Calama e a Daniela. Agora seguimos com a abertura das valas para colocação dos 150 metros de manilha na parte central da via, que terá todo o canteiro central retirado. Nossa meta é executar o serviço de drenagem até o início do período chuvoso, já que o recapeamento pode ser feito durante as chuvas sem maiores danos. Em 2022 começamos a resolver este problema de alagação que assolava os moradores dos bairros desta região, como Igarapé e Aponiã, com a construção da galeria que foi iniciada na avenida Calama e seguiu pela Guaporé. Agora podemos dizer que partimos para a etapa final desse serviço”, explicou o secretário de Obras do município, Diego Lage.

O trecho de 2 quilômetros se juntará aos quase 80 quilômetros de recapeamento já executados em Porto Velho em 2023. Entre os bairros atendidos estão o Triângulo, Baixa União, Arigolândia, Liberdade, parte do Centro da cidade, Olaria, Cai N’Água, Nacional, Rio Madeira, Industrial, Pedacinho de Chão, Embratel, Nova Porto Velho, JK, Areal, Vila Tupi, Mocambo, Conceição, Eldorado, Areal Centro, Flodoaldo Pontes Pinto, Caladinho, Mato Grosso, Industrial e Socialista. O bairro com maior extensão de foi o Triângulo, com mais de 10 quilômetros recuperados.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE