SINJUR inicia mobilização para implementação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos servidores do Poder Judiciário

Sindicato reúne sistema diretivo para planejar estratégias, para reivindicar a atualização do Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos servidores do Poder Judiciário de Rondônia

O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário de Rondônia (SINJUR) está em processo de reunião com a base de representantes de todo o Estado de Rondônia, devido a defasagem do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS). De acordo com a diretoria do SINJUR, o PCCS atual dos servidores do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO) está defasado há 14 anos, já que o último foi implementado em 2010.

As principais reivindicações do SINJUR são o resgate do poder aquisitivo em razão da inflação, bem como o nivelamento das carreiras de analistas, técnicos e auxiliares. O SINJUR explica que atualmente não há parâmetro sobre os salários de analistas, técnicos e auxiliares operacionais. De acordo com o sindicato, a comissão do PCCS aprovou parâmetros que valorizarão todas as carreiras do Poder Judiciário de Rondônia.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Desde 2021, está em pauta a atualização desse PCCS e atualmente os trabalhos da comissão estão em fase de conclusão. Segundo a diretoria do SINJUR, há necessidade de acelerar esse processo, para que todos os procedimentos administrativos e legislativos sejam concluídos em tempo hábil, para implementação ainda este ano.

No início da semana, os delegados sindicais das Comarcas do Poder Judiciário de Rondônia fizeram uma reunião em que traçaram um planejamento sobre as ações necessárias. A expectativa é que a mobilização ocorra em sintonia em todas as regiões do Estado, já que a reunião contou com múltipla representação regional e houve consenso sobre as melhorias necessárias.

O SINJUR produziu a camisa com os dizeres “O Poder Judiciário Somos Todos Nós”, em alusão ao fato de o Tribunal de Justiça de Rondônia ser premiado nacionalmente. O principal prêmio está descrito na hasthag #SomosPentaDiamante, também estampada na camisa do SINJUR, que se trata do fato de o TJ-RO ser reconhecido por cinco anos consecutivos com o selo diamante pelo Conselho Nacional de Justiça, devido a excelência dos serviços prestados. Desse modo, os servidores reivindicam que essa premiação seja revertida em melhorias salariais.