Sites da Prefeitura de Porto Velho são alvos de hacker e ficam fora do ar

As páginas que foram atacadas, tiveram expostas por algum tempo fotos de políticos como Michel Temer e Dilma Rousseff, além de frases de protesto contra a corrupção

Na madrugada deste domingo (14) mais de 30 sites institucionais da Prefeitura de Porto Velho saíram do ar após serem invadidos por hackers que entraram no servidor oficial do executivo municipal e realizaram uma verdadeira  bagunça nas páginas eletrônicas.

Secretarias como Semes, Semaf, Semusa, Funcultural, Ouvidoria, Semagric, Semed e Semur estão entre as páginas que foram atacadas e que tiveram expostas por algum tempo fotos de políticos como Michel Temer e Dilma Rousseff, além de frases de protesto contra a corrupção.

O hacker Vanda The God assumiu a autoria do ataque cibernético pelo Twitter, ele é responsável por hackear sites do Governo Federal no período em que Temer era presidente da república.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Até as 09h desta segunda (15) o site da prefeitura permanecia fora do ar. Através de uma nota, a prefeitura confirmou o ataque e afirmou que não houve furto de dados sigilosos.

NOTA À IMPRENSA – CMTI

A Coordenadoria Municipal de Tecnologia da Informação (CMTI), de Porto Velho, informa que, na noite desse último domingo (14/7), ocorreu um ‘Web Defacement’ (desfiguração de site). Nenhum dado importante ou sigiloso da Prefeitura de Porto Velho fora perdido ou modificado. A equipe de TI trabalha para restabelecer os serviços o mais rápido possível.

Prefeitura de Porto Velho – Coordenadoria Municipal de Tecnologia da Informação (CMTI)