DESCONTROLADO: Médico revoltado destrói carro da esposa com Hilux e desafia a polícia

A vítima contou para a polícia que toda a agressividade do médico foi porque ela avisou que estava saindo da residência para ir colocar um contraceptivo Diu

Equipes da Polícia Militar tiveram muito trabalho para prender um médico ortopedista de 45 anos acusado do crime de tentativa de homicídio contra a esposa de 39 anos na manhã desta terça-feira (27) na Avenida Rio Madeira, próximo a Imigrantes, bairro Industrial, zona Norte de Porto Velho (RO). O médico também é acusado de resistência a prisão, desobediência, ameaça, direção perigosa, dano e depredação.

Informações obtidas pela reportagem junto ao boletim de ocorrência dão conta de que após uma discussão do casal na residência deles, a mulher saiu com um automóvel modelo Ford Ka e foi seguida pelo marido em uma caminhonete Hilux.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE 970x250

Uma equipe de policiais militares descaracterizados viu quando o médico na caminhonete jogava o veículo contra o carro da mulher no trânsito até conseguir fechá-la. Com medo, a vítima não desceu do veículo e o acusado usou a Hilux para destruir o carro dela. Ele em marcha ré bateu várias vezes contra o carro da esposa.

O veículo ficou destruído no local e a vítima em estado de pânico no interior dele. Os policiais que flagraram a ação tiveram trabalho para imobizar o médico que tem o porte físico avantajado e chamava os militares para porrada, desafiando a guarnição.

Relutando para não ser preso, o médico teve de ser pego pelas pernas e braços para ser levado ao camburão da viatura. A vítima contou para a polícia que toda a agressividade do médico foi porque ela avisou que estava saindo da residência para ir colocar um contraceptivo Diu.