Professora é presa acusada de deixar filho em casa e ir para faculdade

A suspeita afirmou que estava dando aula na faculdade e o marido dela tinha saído apenas para ir a um mercado.

Suspeita foi vista por uma funcionária da loja. Após o roubo, suspeita foi levada a Central de Polícia em Porto Velho (Foto: Matheus Henrique/G1)

A professora de uma faculdade, de 29 anos, foi presa na noite de terça-feira (12) acusada do crime de abandono de incapaz ao deixar o filho sozinho em uma residência no bairro Caladinho, região Sul de Porto Velho.

O próprio pai da criança acionou uma guarnição da Polícia Militar e denunciou que vizinhos haviam escutado o menino de 10 anos gritando dentro de casa. Através de uma vizinha, os policiais conseguiram contato com a mulher via telefone e ela foi até o local. A suspeita afirmou que estava dando aula na faculdade e o marido (padrasto) dela tinha saído apenas para ir a um mercado.

Testemunhas disseram que a criança fica com frequência sozinha em casa enquanto a mãe vai trabalhar. Diante do exposto, a professora recebeu voz de prisão e foi levada para a Central de Flagrantes.