Sargento da PM é preso após ameaçar atirar na cabeça de motorista

O motorista informou que passava em seu automóvel em baixa velocidade na frente do bar

Um sargento da Polícia Militar de 52 anos foi preso na noite de domingo (08) após ameaçar atirar na cabeça de um motorista de 38 anos em frente a um bar na Rua Manoel Laurentino, bairro Nova Porto Velho, na capital de Rondônia.

Segundo consta em ocorrência, o policial estaria em visíveis sinais de embriaguez e acusava a vítima de tentar atropelar ele com um carro.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE Poder 3 - 970

O motorista informou que passava em seu automóvel em baixa velocidade na frente do bar na hora em que o sargento que estava a pé sacou uma pistola e apontou para a cabeça dele.

O militar, segundo a ocorrência, teria desferido um golpe com o cano da arma na boca da vítima que ficou lesionada.

Testemunhas intervieram e acionaram a Polícia Militar. Uma equipe foi ao local e relatou que mesmo na presença dos policiais, o sargento teria novamente sacado a pistola e apontado para a vítima.

Os policiais tiveram que usar força física para imobilizar e tomar a pistola do sargento que foi levado à Central de Flagrantes.

O motorista do carro foi submetido ao teste de etilômetro e o resultado deu negativo. O sargento afirmando que havia sido  atropelado alegava que sentia dores nas costas.

Ele foi levado até uma unidade médica e os exames não apontaram nenhuma lesão no corpo dele. Os policiais narraram também na ocorrência que o carro da vítima não tinha nenhuma avaria de um possível atropelamento.