Porto Velho conta com dez ecopontos para recolhimento de material reciclável

Utilização do recurso assegura a destinação correta de resíduos e ainda apoia o funcionamento das cooperativas de catadores

Já são dez ecopontos instalados em diferentes bairros da capital. A ideia da Prefeitura de Porto Velho é facilitar o recolhimento de material reciclável e estimular a participação da população nesse processo. A proposta é gerenciada pela Secretaria Municipal de Saneamento e Serviços Básicos (Semusb).

A instalação dos ecopontos iniciou de forma gradativa e os equipamentos já estão disponíveis nos seguintes pontos:

EMEI Professora Ronilza Cordeiro Afonso Dias, na rua João Paulo I, bairro Novo Horizonte;

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Praça do Cohab, na rua Carqueja, 2716, bairro Cohab;

Centro de Arte e Cultura Escolar Francisco Lázaro dos Santos (Laio), na rua Pau Ferro com rua Anari, bairro Castanheira;

USF Aponiã, na rua Andréia, 5383, bairro Aponiã;

Parque da Cidade, na avenida Calama, bairro Flodoaldo Pontes Pinto;

Paróquia de São José Operário, na avenida Campos Sales, 4777, Vila Eletronorte;

Skate Parque, na avenida Guaporé, bairro Cuniã;

Praça do Conjunto Santo Antônio, na rua Padre Chiquinho;

Policlínica Oswaldo Cruz, na avenida Governador Jorge Teixeira de Oliveira, 3862, bairro Industrial;

Delegacia de Repressão aos Crimes contra o Meio Ambiente, na avenida José Amador dos Reis, 3214, bairro Juscelino Kubitschek.

Qualquer pessoa pode fazer uso dos ecopontos desde que utilizados de forma correta conforme as sinalizações que indicam o armazenamento para plástico, metal e papelão. A utilização do recurso assegura a destinação correta desses resíduos e ainda apoia o funcionamento das cooperativas de catadores, gerando renda para as famílias.