Porto Velho suspende vacinação contra a Covid nesta quinta (1°) por falta de doses

Nesta semana a capital fazia a imunização do público 40+ sem comorbidades.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) suspendeu a vacinação contra a Covid-19 nesta quinta-feira (1°) por falta de doses de imunizantes.

“Novas doses de AstraZeneca chegaram no estado na quarta-feira (30), mas uma mudança na metodologia de distribuição impossibilita a aplicação nesta quinta”, disse a Semusa.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner1 ALE 970x250

Nesta semana a capital fazia a imunização do público 40+ sem comorbidades. As doses já haviam reduzido na quarta-feira, dia em que a prefeitura ‘fechou’ o ponto de vacinação da faculdade São Lucas e aplicou apenas na faculdade Uniron.

A prefeitura estima que a vacinação retome na sexta-feira (2).

A Prefeitura de Porto Velho iniciou a vacinação contra a Covid-19 em 19 de janeiro e foi ampliando o calendário de vacinação do público-alvo conforme chegam novas doses.

Quais grupos já começaram a receber as doses na capital:

  • Profissionais de saúde;
  • Idosos com 60 anos ou mais;
  • Trabalhadores do sistema funerário;
  • Trabalhadores da Defesa Civil Municipal que atuam na força-tarefa das enchentes;
  • Conselheiros municipais e estaduais de saúde que trabalham presencialmente em estabelecimentos de saúde;
  • Profissionais de clínicas particulares;
  • Trabalhadores da segurança pública;
  • Pessoas em situação de rua com mais de 60 anos ou em tratamento de tuberculose ou HIV;
  • Pessoas com Síndrome de Down acima de 18 anos;
  • Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise);
  • Pessoas com deficiência permanente, cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) com mais de 18 anos;
  • Gestantes e puérperas acima de 18 anos;
  • Pessoas com HIV;
  • Pessoas com comorbidades com mais de 18 anos;
  • Trabalhadores da educação e professores
  • Veterinários, auxiliares e técnicos de veterinária, e educador físico atuante em academias
  • Trabalhadores portuários
  • Pessoas de 40 a 59 anos sem comorbidades
  • Trabalhadores do transporte coletivo

 

Cadastro para agendar vacina

 

O cadastro para agendar a vacina está aberto para toda população de Porto Velho e deve ser realizado pelo aplicativo Sasi.

O app segue os parâmetros do Plano Nacional de Imunização (PNI) e foi planejado para registrar informações sobre a população e facilitar o agendamento das vacinas.

O cadastro para entrar na fila da vacina contra Covid-19 só é feito pelo aplicativo Sasi. O sistema é autoexplicativo e para ativá-lo, o usuário deve digitar o código PVH21. O aplicativo está disponível para celulares Android e também sistema IOS.

Após fazer o cadastro, o morador pode consultar no Portal Imuniza, da prefeitura, se já foi feito o agendamento da vacinação para o seu CPF. É possível checar os dados cadastrados no aplicativo Sasi na aba “Consultar Agendamento”, em seguida é só preencher com CPF e data de nascimento nos campos solicitados.

Imuniza Porto Velho  — Foto: Reprodução

Imuniza Porto Velho — Foto: Reprodução