Rio Madeira atinge 15 m em Porto Velho e Defesa Civil decreta alerta

Bairros que possuem áreas de risco estão sendo monitorados.
Ribeirinhos vivem em áreas de riscos mapeadas pela Defesa Civil.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Com o Rio Madeira atingindo a marca de 15 metros, a Secretaria Municipal de Programas Especiais e Defesa Civil (Sempedec) de Porto Velho decretou estado de alerta na manhã desta quarta-feira (8), o decreto foi publicado no Diário Oficial da prefeitura. De acordo com o diretor da secretaria, Marcelo Santos, moradores ribeirinhos já começaram a ser atingidos e alguns retirados de áreas de risco.

Antes do decreto de alerta, a Defesa Civil já monitorava as áreas de risco. “Fizemos um mapeamento para monitorar os moradores mais vulneráveis para acompanhar as casas que podem ser invadidas pela água”, explicou Santos.

O diretor disse ainda que as famílias dessa área podem recorrer ao órgão. “Temos em média 80 famílias em áreas de risco. Para quem precisar, daremos ajuda logística, como caminhões de mudança, para as pessoas que precisarem ir para um local seguro até que o rio volte à normalidade”, explanou Santos.

Os bairros monitorados pela Defesa Civil são: Nacional, São Sebastião II, Balsa, Baixa União, Vila Candelária e Triângulo. Além da Defesa Civil, as Secretarias Municipais de Meio Ambiente, Saúde e a de Assistência Social darão apoio as famílias.

“A Secretaria Municipal de Saúde nos ajudará monitorando a saúde dos ribeirinhos, pois algumas partes dos rios são contaminados devido a quantidade de lixo jogado na água, como eles têm contato direto com a água eles podem ser contaminados”, disse Santos.

 

Fonte:G1