Servidores são alvos de operação em RO e MT por envolvimento em esquema de compra e venda de carro

Envolvidos facilitavam a compra de veículos com desconto de tributos à transportadoras de veículos. Mandados de busca foram cumpridos em Vilhena e em duas cidades do Mato Grosso.

Servidores de órgãos de trânsito de Vilhena (RO), Comodoro (MT) e Campos de Júlio (MT), são alvos de uma operação deflagrada pela Polícia Federal (PF) nesta quinta-feira (7).

De acordo com a PF, os suspeitos são investigados por participarem de um esquema que facilitava a compra de veículos com utilização de desconto de tributos por meio da Área de Livre Comércio de Guajará-Mirim.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE Sobrevivente - 970

Os policiais apuraram que a compra era feita por transportadoras envolvidas no esquema e que posteriormente, elas vendiam os veículos sem o desconto.

Segundo a polícia, o esquema utilizava despachantes e servidores públicos de órgãos de trânsito, já que eles facilitavam a baixa de gravames tributários registrados nos documentos dos veículos.

Como os veículos eram vendidos sem o repasse desse desconto nos tributos, o resultando era de maior lucro para os envolvidos.

Três servidores de órgãos de trânsito foram afastados de seus cargos. Eles também receberam a ordem judicial para que não se comuniquem. Os mandados de busca servirão para angariar provas dos possíveis crimes de falsificação de documentos, sonegação fiscal e inserção de dados falsos em sistemas.

A Polícia Federal continua com as investigações, pois há uma considerável quantidade de envolvidos e um “grande número de veículos que foram objeto de fraude”.

Overdrive

 

Overdrive é a denominação que se dá a uma das marchas de veículos de transporte que economizam combustível. A ‘Operação Overdrive’ está em sua segunda fase.