Lula chega a Curitiba para depoimento a Moro na Lava Jato

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT-SP) chegou ao Aeroporto Internacional Afonso Pena, em Curitiba, por volta das 10h20 desta quarta-feira (10) para seu primeiro depoimento frente a frente com o juiz federal Sergio Moro. Lula embarcou em um jatinho particular no Aeroporto de Congonhas, na capital paulista, por volta das 9h30.

Nesta ação, o ex-presidente é acusado de ser beneficiado pela construtora OAS por meio das reformas de um apartamento triplex em Guarujá, no litoral de São Paulo, e de um sítio em Atibaia, no interior do Estado. Lula ainda é réu em outras quatro ações.

A audiência com o juiz da Lava Jato está marcada para as 14h, mas o ex-presidente ainda aguarda uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) sobre um pedido de adiamento feito por sua defesa. Os advogados reclamam que receberam, na semana passada, mais de 100 mil páginas documentos da Petrobras referentes a contratos com a OAS. Eles pedem mais 90 dias para analisar os autos. Nesta terça-feira (9), os desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, já negou o pedido de adiamento.

Manifestações. A presença da ex-presidente Dilma Rousseff, que embarcou em Porto Alegre em um voo comercial, também é aguardada em Curitiba para a manhã desta quarta. Manifestações a contra e a favor do ex-presidente Lula estão programadas.

Na noite de terça, o ministro Raul Araújo do STJ negou um pedido que queria a permissão para manifestações em todos os espaços públicos de Curitiba, feito pela Defensoria Pública do Paraná.

Algumas áreas de capital paranaense, especialmente nas imediações do prédio da Justiça Federal, estarão bloqueados até as 23h desta quarta. A 5ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba também proibiu a montagem de acampamentos em ruas e praças da cidade.

 

Fonte: Istoé