Crise de ciúmes teria levado a assassinato cruel de rapaz de 24 anos

Leandro foi enforcado, esfaqueado nas costas e teria lutado para não morrer. Comparsa que ajudou no homicídio é menor de idade

A Polícia Civil não divulgou o teor do depoimento do rapaz de 22 anos que matou outro, dois anos mais velho, com requintes de crueldade em Vilhena. O corpo da vítima, identificada como Leandro da Silva, foi encontrado nos arredores da cidade nas primeiras horas do dia 05 de janeiro.

Informações apontam que o violento crime teria sido passional. Embora detalhes do inquérito estejam sendo mantidos em sigilo, o site foi informado de que o assassino teria revelado a motivação do crime e também identificado o comparsa que o ajudou no assassinato.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE Dose Dupla - 970

De acordo com um amigo de Leandro, o assassino teria agido violentamente movido por ciúmes ao saber que a ex-namorada dele teria iniciado um relacionamento com o outro rapaz.

Baseando-se nas declarações de uma pessoa que acompanhou a prisão, a reportagem recebeu o relato de que o outro envolvido no homicídio seria um menor de idade, que ainda não foi apreendido. O site continua acompanhando os desdobramentos do caso.