Homicida conhecido como ‘Pipoca’ é preso após 8 meses foragido em Porto Velho

Homem é suspeito de matar a tiros Cleisson Pessoa Correia, de 33 anos. Suspeito foi preso em uma residência localizada na Vila São João, após a ponte do rio Madeira.

O foragido Erivaldo Lima Correa, conhecido como “Pipoca”, foi preso em Porto Velho por policiais civis do Serviço de Investigação e Capturas (Sevic), do 1° DP, na manhã desta quarta-feira (6). O criminoso é suspeito de matar a tiros Cleisson Pessoa Correia, de 33 anos, em 8 de fevereiro deste ano.

Contra o suspeito, segundo a polícia, havia um mandado de prisão temporária representado pela Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV).

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE Poder 3 - 970

Os investigadores conseguiram localizar o criminoso em uma residência localizada na Vila São João, após a ponte do rio Madeira.

Assassinato

 

De acordo com as investigações, Erivaldo Lima tinha um desentendimento com Cleisson na época em que ambos cumpriram pena no presídio Urso Panda.

O crime aconteceu debaixo da ponte do rio Madeira. Uma mulher, que estava com a vítima, também foi baleada.