Membros de facção são presos após torturar e matar decapitado integrante do CV

Várias equipes da Polícia Militar fizeram intensas buscas e conseguiram localizar os autores do crime

Os integrantes da facção criminosa Primeiro Comando do Panda (PCP), Lucas F. P.,25, Robson D., 25, Nilton S. S., 30, Ericlépton S. S., 31, Marco Antônio S. R.,22, Felipe M. N., 23, Jasmin P. O., 18, Izabel S. N., 27, Lucas A. D., 18, e uma adolescente de 17 anos, foram presos na madrugada desta quarta-feira (24) acusados de torturarem e matar decapitado o jovem Rubem Ariel da Silva Souza. O crime bárbaro foi registrado no condomínio Morar Melhor, zona Sul de Porto Velho (RO).

De acordo com informações da polícia, o bando conseguiu atrair a vítima do condomínio Orgulho do Madeira para o Morar Melhor com o pretexto de que iria manter relação sexual com uma jovem. O rapaz que seria da facção criminosa Comando Vermelho (CV) se deslocou até o local em um carro de motorista de aplicativo e ao chegar foi rendido, torturado em um dos apartamentos onde toda a ação criminosa acabou sendo filmada pela quadrilha.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
COVID 970x250

Depois disso, os criminosos levaram o rapaz até um matagal nos fundo do condomínio e o mataram decapitado. Ainda segundo a polícia, o crime bárbaro teria sido em represália ao ataque a tiros ocorrido no Morar Melhor na noite da última segunda-feira (22).

Várias equipes da Polícia Militar fizeram intensas buscas e conseguiram localizar os 10 autores do crime. Todos foram encaminhados para a Central de Flagrantes. Armas usadas no crime, munições e drogas foram apreendidos.