Angelina Jolie fala sobre separação de Brad Pitt: “Traumático”

A atriz deu uma entrevista ao jornal The Guardian onde falou sobre o assunto

Angelina Jolie falou sobre o seu processo de divórcio de Brad Pitt, que começou em 2016, numa entrevista ao jornal The Guardian, onde também acusou o produtor de cinema Harvey Weinstein de assédio.

 

A atriz de Hollywood destacou que ainda se encontra envolvida numa “situação legal”, que inclui as acusações de abusos infantis contra Pitt (devido a um suposto momento de violência entre o ator e o filho mais velho, Maddox, de 20 anos, numa viagem de avião).

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE Poder 3 - 970

“Não sou o gênero de pessoa que toma as decisões que tomei de forma tranquila. Demorou muito até estar numa posição onde sentisse que tinha de me separar do pai dos meus filhos”, disse.

Jolie foi mais longe e confessou que o divórcio chegou a ser “traumático” em determinadas ocasiões. “Em alguns aspectos tem sido na última década. Há muita coisa que não posso dizer… acho que no final do dia, mesmo que você e algumas pessoas que ama sejam os únicos que saibam a verdade da tua vida, ou o que você se sacrificou, ou o que sofreu, você fica em paz com isso, apesar de tudo o que está à tua volta”, completou.