Juiz diz que Trump descumpriu ordem judicial e impõe multa de US$ 10 mil

Empresa do ex-presidente é investigada por fraudar valores de ativos.

Um juiz de Nova York entendeu que Donald Trump descumpriu com uma ordem judicial em um caso que investiga transações financeiras da Trump Organization, segundo decisão publicada nesta segunda-feira (25)

O ex-presidente dos EUA não compareceu a um depoimento e não entregou documentos pedidos após intimação da Procuradoria-Geral de NY. O juiz Arthur Engoron ordenou que Trump pagasse uma multa de US$ 10 mil (cerca de R$ 50 mil) por dia em que não cumprir com a intimação.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner ALE Sobrevivente - 970

A procuradora-geral de Nova York, Letitia James, quer que o ex-presidente americano e seus filhos prestem depoimento como parte da investigação. Seu gabinete disse ter encontrado evidências de que a empresa usou ativos “fraudulentos ou enganosos” em avaliações para obter empréstimos.

Em um processo judicial, o gabinete da procuradora disse também que, rotineiramente, a organização deturpava o valor de suas propriedades e até de tacos de golfe nas demonstrações financeiras. Trump, já chamou, no início do ano, a investigação de James de uma “caça às bruxas” política.