Mais de 30 pessoas morrem após queda de ônibus de penhasco na Bolívia

Veículo de passageiros caiu de uma altura de mais de 150 m. Motorista tentou dar passagem para veículo que viajava no sentido contrário e 'não calculou a largura da estrada', diz polícia

Ao menos 31 pessoas morreram e 9 ficaram feridas em um acidente de ônibus na segunda-feira (12) em uma estrada no departamento de Chuquisaca, no sudeste da Bolívia.

O veículo de passageiros caiu de um penhasco de 150 metros em uma área montanhosa no sul do país e ficou completamente destruído. Familiares das vítimas foram ao local para reconhecer os corpos.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Banner1 ALE 970x250

O coronel Juan Luis Cuevas, sub-chefe da polícia, diz que o motorista tentou dar passagem para um veículo que viajava no sentido contrário e “não calculou a largura da estrada”, segundo as primeiras informações.

Mas a polícia ainda investiga as razões do acidente, que já é a maior tragédia rodoviária deste ano na Bolívia. Em 3 de março, um ônibus caiu em um precipício na estrada entre Santa Cruz e Cochabamba e 21 pessoas morreram.

O acidente ocorreu de madrugada na região sul de Chuquisaca, a cerca de 400 km a sudeste da capital La Paz, na rodovia para a cidade de Sucre.